Vicious & Delicious - As Lésbicas querem o quê?

| |
Olá minhas queridas Lez Girls visitantes, e me atrevo a dizer com toda certeza, assíduas viciadas... Sei que muitas de vocês tomam regularmente uma farta dose deste Vicious & Delicious Lesboblog... E eu permaneço a observar todo o movimento cibernético... As interações, as relações... Recebo e-mails com delicados agradecimentos... E fico completamente tocada, instigada a continuar mantendo o THE L WORD BLOG BRASIL no ar... Agora, tem uma simples pergunta que surgiu em minha mente baiana relaxada e feliz... AS LÉSBICAS QUEREM O QUÊ?

Acalmem-se... Sei que aqui encontramos MULHERES de todos os tons... E a diversidade é bem vinda e estimulada... Mas é obvio que eu e minhas colaboradoras escrevemos para essas mulheres AMANTES de mulheres. Então... Devido ao crescente movimento DESTE blog... Esta pergunta surgiu como fogos de artifícios pipocando numa noite sem lua... Pow, Pum, Pah, Pow... Como ignorá-la... E aí entram as maquinações...
AS LÉSBICAS QUEREM O QUÊ?

Esse simples ato de perguntar leva a tantos outros... Como um novelo de lã a ser desenrolado (isso está parecendo psicanálise)... Voltando as indagações... Por que, Lez Girls, estamos criando uma rede de comunicação e conteúdo tão específico? Mulheres de todas as idades, CREDOS, regiões, culturas, ESTRUTURAS. Hum... Me digam.

Eu tenho a minha HIPÓTESE... E ela passa pelo movimento social (mundial) a que estamos inseridas... Uau! Estou muito filosófica... Mas tem seu charme, não é?!

Portanto amadas Lez Girls... Hoje nós perdemos muito do medo (coletivo) de ser o que somos... Inspiramos coragem e expiramos confiança... Percebemos a existência de infinitas Ladies que compartilham nossos Vicious & Delicious... E há a visibilidade que se instalou nos veículos de mídia... Claro que nacionalmente é visibilidadezinha, mas nós temos a internet AMIGA... E com ela acesso a inúmeras representações de nós mesmas.

Mas: AS LÉSBICAS QUEREM O QUÊ?... Insisto. Quando nos dispomos a partilhar desejos, frustrações, alegrias, entretenimento, informação... E por que não, SACANAGEM (a boa e saudável)... O que queremos? eu ainda não tenho a resposta mais adequada, mas sei que algo borbulha... Fervilha... Cozinha... Emergi.

E uma prova deste fato são as inúmeras série (além de THE L WORD) e personagens Lés que estão aí para serem vistas e revistas... Os nossos espelhos na mídia... Eu gosto do que vejo... Vocês não?!

Na minha volta diária pelos meus blogs Vicious & Delicious... Encontrei exemplos feitos pela querida ROGUE do LESBICANARIAS... Estes exemplos podem trazer algumas respostas a estas indagações.

Assim que vamos aos exemplos que é o que realmente importa:

Pepa e Silvia…Digo está a ponto de começar, e ainda que não se saiba a data exata do início da temporada já podemos ver a promo do seu regresso no canal de YouTube de Antena 3.


iniciou no dia 3 de setembro! Aparentemente a Angela Montenegro melhor conhecida pelo mundo a fora como vai ter um outro toque Lez na série... Então é uma dica para ser verificada.

Grey's Anatomy começará no dia 25 de setembro e com todo o bafafá que surgiu na temporada passada entre as doutoras Callie Torres e Erica Hahn não podemos perder este início de temporada.

esta é uma que não tenho muitas informações... Mas sei que muitas tem ela na mira... Então fiquem sabendo que a terceira temporada começará a em 3 de Outubro.


Hospital Central esta eu vi alguns capítulos e gostei muitos... A Rogue apresenta todos os episódios, com legendas em espanhol, no seu canal do youtube amigo... Vocês podem experimentar... Nesta entre-safra de THE L WORD.

Acredito que essas e outras tantas séries com personagens lésbicos que estão pipocando em nossas telinhas internéticas falam um pouco sobre o que as lésbicas querem... E principalmente, acredito que elas são a representação do maior desejos que existe em nós: VISIBILIDADE.

Mas queridas Lez Girls... Existe também algo muito representativo sobre nosso desejo rolando na web... É o vídeo onde Ellen convida a todos para ver a atmosfera deliciosamente íntima e amorosa do seu casamento... Este vídeo diz muito mais do que palavras que possa escrever ou pronunciar... Este vídeo é totalmente Vicious & Delicious.

2 comentários:

Papillon disse...

Minha querida Peh não podia deixar de fugir um pouco do árduo trabalho e da uma passadinha rapidinha, para comentar aqui!! Uma rapinha com qualidade além da quantidade da escrita kkkk

São tantos os quereres que é difícil descreve-los. E que bom que é assim, pois a falta de querer ou seja a falta do desejo é a morte... mas o que dizer do maior dos desejos e conquista que é amar e ser amada..É esse sem duvida o meu maior querer...como bem colocou nossa querida Charlotte no seu Café com Lesbiandades - Quero um Amor! "...querendo suprir a falta da ausência, buscando na existência, a presença de um amor pra vida toda..." Isso é lindo.

E contribuindo com fato de sermos conterrâneas trago um baiano para nos falar QUERERES de todas nós!!!

Beijocas a todas e continuo no trabalhando,mas o vício ao blog não me deixa ficar longe de vcs kkk


O Quereres
Caetano Veloso
Composição: Indisponível

Onde queres revólver, sou coqueiro;
Onde queres dinheiro, sou paixão!

Onde queres descanso, sou desejo;
E onde sou só desejo, queres não!

E onde não queres nada, nada falta;
E onde voas bem alto, eu sou o chão;

E onde pisas no chão,
Minha alma salta: e ganha liberdade na amplidão...

Onde queres família, sou maluco;
E onde queres romântico, burguês!

Onde queres leblon, sou pernambuco;
E onde queres eunuco, garanhão!

E onde queres o sim e o não, talvez;
Onde vês, eu não vislumbro razão!

Onde queres o lobo, eu sou o irmão;
E onde queres cowboy, eu sou chinês!

Ah, bruta flor do querer...
Ah, bruta flor, bruta flor!

Onde queres o ato, eu sou o espírito;
E onde queres ternura, eu sou tesão!

Onde queres o livre, decassílabo;
E onde buscas o anjo, eu sou mulher!

Onde queres prazer, sou o que dói;
E onde queres tortura, mansidão!

Onde queres o lar, revolução;
E onde queres bandido, eu sou o herói!

Eu queria querer-te amar o amor,
Construírmos dulcíssima prisão;

E encontrar a mais justa adequação:
Tudo métrica e rima e nunca dor!

Mas a vida é real e é de viés,
E vê só que cilada o amor me armou:

Eu te quero e não me queres como sou;
Não te quero e não me queres como és...

Ah, bruta flor do querer...
Ah, bruta flor, bruta flor!

Onde queres comício, flipper vídeo;
E onde queres romance, rock'n roll!

Onde queres a lua, eu sou o sol;
Onde a pura-natura, o inseticídeo!

E onde queres mistério, eu sou a luz;
Onde queres um canto, o mundo inteiro!

Onde queres quaresma, fevereiro;
E onde queres coqueiro, eu sou obus!

O quereres e o estares sempre a fim,
Do que em mim é em ti tão desigual...

Faz-me querer-te bem;
Querer-te mal:

Bem a ti, mal ao quereres assim:

Infinitivamente impessoal;
E eu querendo querer-te sem ter fim!

E querendo-te,
Aprender o total...

Do querer que há;
E do que não há em mim!

Bel disse...

Mais uma vez a autora deste post e proprietária deste blog vem causando estragos irremediáveis em meu pobre coraçãozinho...

Uma fala recorrente das pessoas que conheço que estão a muito mais tempo inseridas nesse universo é a de que a um tempo não muito distante falo de duas no máximo três décadas atrás o começo era mais difícil o nível de informação encontrado era pra lá de precário as mulheres tiveram que se descobrir assim "na marra". Não foi uma experiência agradável para muitas delas. Hoje é claro a situação é inegavelmente outra para minha sorte eu acho...

Como na história infantil do patinho feio que só se viu plenamente feliz quando percebeu que haviam outros patinhos tão lindos quanto ele.

Hoje o grande problema enfrentado cotidianamente é o do estranhamento que vem imbuído de uma curiosidade que só irá diminuir se a visibilidade aumentar nessa, mais uma vez,PehNoir você acertou!!

Se isso te vem a mente em uma noite sem lua imagina quando ela se coloca cheia...

No mais deixo esse comentário e vou correndo ligar para meu psicoterapeuta admito sou uma viciada completa meu medo é ele dizer que não tem mais solução. Será?? Desculpem o enredo ok??

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved