Depois do ciclo de 7 tudo se repete...

| | 3 comentários »
Ok, chegamos a mais uma sexta-feira... Sempre me intriga como vivemos num movimento circular... Às vezes fico enjoada... Entojada... Enfastiada... Humm... De saco cheio mesmo... Falta de completa criatividade esse lance de repetições de dias... Depois do ciclo de 7 tudo se repete... Vamos ao fim de semana... Enchemos o cú de cachaça (escrevi cú... Cú é MARA)... Dançamos, embotamos... Beijamos (algumas)... Transamos (poucas pelo que observo)... Bem, então para não me repetir... Resolvi não publicar o VICIOUS & DELICIOUS... Segue algo que pesquei por aí... Bem despretencioso... Mas nada repetitivo.

Isso porque queridas habitantes deste nosso planeta maravilhoso atrás do arco-íris... Seguir o rastro de nossas amadas atrizes de The L Word não é uma tarefa fácil, e muito menos repetitiva.

Embora as gravações da série já tenham terminado e as meninas não façam nada mais de especial nas telas... Fui zapiar pelos sites norte americanos atrás de novidades... Então, eis que surgem algumas, porque quem procura acha, não é mesmo?

Nossas ladies estão se desdobrando para atender a muitos eventos relacionados à série, também andam envolvidas com política (4 dias para a grande mudança para os gringos) e firmam presença em vários projetos que dão apoio à comunidade LGBT.

Hoje, por exemplo, todas as moradoras da Filadélfia estão desfrutando se um Dia das Bruxas na "Pure" Nightclub.
A entrada é grátis (apenas para maiores de 21 anos... O que torna a VIDA de Maga limitada). Agora vocês se perguntam... O que nos brasucas temos com isso?... E o Kiko?!

Ah! Queridas... Nós, amantes, alucinadas e devotas de THE L WORD temos tudo com este evento... Porque se fôssemos moradoras da Filadélfia poderíamos nos unir as mulheres mais sensuais na televisão... Estavam lá a mais "eremita" Jennifer Beals com sua sensualidade e dinvindade... E também, Kate Moennig, Rosa Rollins, Daniela Sea, e a culpada de tudo a Mama Chaiken. Todos elas deram uma pequena conversa sobre questões políticas e opiniões dos candidatos para a Casa Branca... É evidente que os interesses sobre a comunidade LGBT rechearam este encontro. Mas não tenho nenhuma dúvida que no fim a maioria de nossas ladies ficaram saracutiando com seus vestidos (menos a Shane... Ops, Kate) na festa e todos tiveram um pequeno momento de dança e relaxamento.

mazzoni_3

mazzoni_4

mazzoni_2

mazzoni_1

Mas algumas não poderão ficar acordadas até muito tarde, porque no próximo dia (Nov. 1) elas têm que viajar para Nova Iorque para atender ao evento anual nominado de Women's 11... Haverá uma incrível noite de gala, com um jantar, coquetéis, música e dança... Este será um momento de tributo a série.. A tudo que THE L WORD deixa para uma geração de militantes e mocinhas lésbicas... Ah! Claro, Mama Chaiken também receberá muitos louros... Apesar de ser uma insana (em alguns episódios) ela tem seus méritos. Agora, verei se encontro mais detalhes e fotos destes eventos... E dependendo da conjunção astral... Posso até postar.

Café com Lesbiandades - Na Flor da Pele...

| | 18 comentários »
“Sonho meu... Sonho meu... vai buscar quem mora longe... Sonho meu! Vai mostrar...nãnãnãnãnã... Sonho meu...” Lari...lará... ai, ai... Não meninas! Nem Bethânia, nem Gal! Sou apenas eu cantarolando, entre suspiros e “ais”, enquanto preparo os ingredientes para o nosso energético semanal. Como já devem ter percebido, a lésbica que vos fala não está no seu estado normal. Hormônios alterados gente! “Tesão Pós Menstrual”... doidinha pra extravasar e não subir pelas paredes... Ou poderá ser outra coisa?! Afff! Vamos lesbiar, que é melhor! As emoções... estão na flor da pele! PAIXÃO é o tema!

Assim ela surgiu... Vestida de inocência, atrás de um sorriso encantador e um ar angelical que não revelava perigo algum. Se aproximou devagar e pediu atenção, pois, seu coração queria calma. Ahhh... tantas eram as indagações em busca de respostas... Tantos eram os medos buscando proteção... E tantos eram os desejos a serem saciados... Que não houve jeito! Na tentativa de ser as respostas, a proteção e a saciedade... No seu precisar... O envolvimento foi inevitável.

Nessa hora, a razão sede espaço. Surge um misto de emoções, por causa dela! Seu nome?!... PAIXÃO! Que é regida pelo maestro DESEJO! Da vontade de tê-la, o relato:

“No silêncio da noite sinto meu corpo tremer... são meus barulhos desejosos do corpo dela. De olhos fechados, me toco e vejo a umidade do desejo... e minha mente... mente, com o cheiro dela. Ouço um canto... Sussurros de lá? Não! É simplesmente meu corpo clamando pelo toque das mãos e dos beijos dela.” (Eu)

O Prazer é o único compromisso da PAIXÃO. Ao dar e sentir prazer, os papéis se confundem. Não há presa ou predadora... Há sim dois corpos apaixonados pela arte de proporcionar prazer mútuo. E, diga-se de passagem, que nessa prática, nós lésbicas somos privilegiadas. Fazemos sexo com o corpo todo, comunicando satisfação pela criatividade. Usamos várias outras partes do corpo além da vagina. Descobrimos como usar maravilhosamente as mãos, a boca, os dedos, a língua, as pernas, enfim... O corpo todo se envolve no ato sexual, podemos sentir prazer com todas as partes dele.




É da reciprocidade dos DESEJOS, que nos permitimos esse sentimento deliciosamente arrebatador. Na minha verdade, estar apaixonada é diferente de estar amando. PAIXÃO é o momento e AMOR é o tempo. Enquanto ELA quer viver o hoje no agora, o outro quer construir o amanhã no depois. Então, que a ansiedade por um futuro incerto de um amor, não iniba o presente possível de uma paixão. Preciso de você, desejo você... Paixão, quero você. E têm que ser na possibilidade do hoje. Não sei se o amanhã me dará tempo. Cada centímetro do meu corpo, clama pelo toque do seu. Tenho que senti-la “na flor da pele”. Perceber o quão ardente és. É essa ardência que nos faz sentir a vida pulsar dentro de nós. Sua ausência incomoda... sua distância só faz aumentar o meu desejo em tê-la e saciar a minha fome.



Amor?!Eu quero um... e o quero pra vida toda! Quem não quer?! Mas, enquanto ele não vêm... porque não viver uma paixão?! Quem sabe duas, três...várias... mas, uma de cada vez heim (risos). E se, num repente, da semente surgir o botão... ah, permitam-se o desabrochar da flor mais bela! Afinal, a vida passa rápido.



Uau! Que calor é esse?!

Meninas , não importa, seja apaixonando ou amando o importante é ser feliz. Sintam o sabor desse “Café”, comentando com muitas “lesbiandades”.
Permitam-se a excitação, “na flor da pele”...
Muitos beijos, paixões, prazeres... e todos regidos pelo desejo.

Muita LUZ...


Com a Palavra: Hipólita

| | 3 comentários »
Digamos que hoje eu acordei com um bom humor, (coisa rara essa!) e com isso pensei: ”Por que não dividir com as meninas o meu grande amor?!”

Sim... grande amor!

Eu tinha 6 anos quando a vi pela primeira vez, lembro-me que parei com minha avó e disse:” Olha ela mãe!”

Essas coisas acontecem, são loucas, mas acontecem!

Desde então, eu cultivo esse amor... e não adianta, podem entrar todas a heroínas, todas as mulheres possíveis, que ela continua única no meu coração! E deixo bem claro, não há Mulher-Maravilha ou She-Ha que supere essa mocinha!

Seu nome: Anna Marie Darkholme

Alguns a conhecem também como:Anna Raven

Mas o seu nome mais famoso é: VAMPIRA ( Rogue na versão americana)

Pois bem meninas, hoje eu vou falar daquela que pra mim é a MELHOR!

Nascida em Caldecott Country , Mississipi.Essa jovem tem uma história perturbadora e trágica. Mas também com uma boa mostra de superação!

Anna Marie foi criada por sua tia até os 5 anos de idade quando por acontecimentos dramáticos ela foge de casa, sendo adotada pela mutante Mística e sua esposa Sina.

Graças aos poderes premonitórios de Sina, Mística acaba sabendo que a jovem teria um ótimo potencial no futuro, e com isso a treina para se tornar uma vilã.

A jovem Anna Marie cresce, e se junta a 3° formação da Irmandade dos Mutantes, nessa época ela enfrenta sua grande inimiga, Carol Danvers a Miss Marvel, sem ter o controle de seus poderes a jovem suga tanto a essência de Carol que a deixa em coma durante anos, e com isso acaba tendo os poderes da Miss Marvel permanentemente.

( Os poderes originais de Vampira são apenas os de absorção de poderes, memórias e força vital. O que a impede de tocar, ou ter qualquer tipo de contato com qualquer pessoa, por isso ela usa uma roupa toda coberta ... após sugar os poderes de Miss Marvel, ela passa a ter semi- invulnerabilidade, super força e vôo.)

O fato de ter uma heroína em sua cabeça faz com que Vampira mude suas atitudes de vilã, e com isso, ela decide procurar o Professor Xavier, para entrar pra o Instituto Xavier, na busca de controlar seus poderes e conseguir ter contato físico com quem ela ama!

Sua mãe Mística vira “um bicho” com a atitude da filha, mas ela nada pode fazer, a menina já tomou sua decisão!

Com o tempo Vampira se torna uma heroína valorosa, salvando o mundo diversas vezes, viajando para o espaço, absorvendo novos poderes, fazendo novas amizades.

Ela consegue durante um período chegar ao posto de líder dos X-men...

Infelizmente até hoje ela não consegue controlar seus poderes de absorção, o que a mantém afastada das pessoas que ama.

O fato de Vampira passar por tantas dificuldades fez dela uma heroína fora dos padrões, com uma personalidade forte, com um carisma contagiante e uma força de vontade imensa.

De acordo com o seu criado, Chris Claremont:“Vampira é uma das heroínas mais humanas dos quadrinhos, já que ela encontra limitações próprias, ela é capaz de controlar qualquer poder que absorva, mas não é capaz de controlar a si mesma, ela entende tudo a sua volta, mas não entende a si mesma!Ser mais humano que isso é impossível!

Dona de um corpo escultural, de uma personalidade forte, de uma história confusa e de um ser totalmente misterioso...E uma mexa branca no cabelo que eu considero ser charmozíssima!

Eu pergunto: Como não ser apaixonada por essa mulher!

Mas creio que não sou só eu, nas HQs Vampira teve o coração de vários personagens intrigantes como, Magneto, Gambit, Solaris ( fase mulher e fase homem!) e por ai vai...

Eu poderia contar milhões de histórias que só uma fã muito dedicada como eu, poderia saber!hehe ( Momento modéstia!kkkkkkk)

Mas creio que não posso, nem devo ocupar tanto espaço com interesses pessoais de minha humilde pessoa! Hahahahaha

Fica pra uma próxima...

Audrey em camisetas básicas. C’est magnifique!

| | 3 comentários »

Oh, Audrey. A charmosa Srtª. Tautou é minha atriz francesa favorita. Cai apaixonada por ela em “Amelie” e nunca me levantei. Quem poderia? Eu não acredito ser humanamente possível. Mas ela não é só uma mocinha adorável com olhos amendoados que nos tomba a cabeça. Em “Dirty Pretty Things”, “A Very Long Engagement” e “Priceless” Audrey provou que não é atriz de um só filme. Observem, aguentei todos aqueles minutos de Tom Hank e seu péssimo cabelo em “The Da Vinci Code” para vê-la. Assim, imaginem meu deleite quando achei estas fotos da Audrey em camisetas básicas. C’est magnifique!

Aqui ela não aparece tão básica assim... Mas é uma variação do tema extremamente válida... Não é?!

[Clique para ampliar a visão.]

Vicious & Delicious - A Instabilidade Sedutora

| | 4 comentários »
Boa noite MY LADIES, olhem que coisa intrigante... Algumas de vocês sabem que travo a meses uma batalha de paciência com a maldita VELOX... Cai e volta... Velocidade não corresponde a comprada... Essas coisas comuns no nosso mercado liberal (que está descendo a ladeira faceiro... hahaha!)... Pensei na tal da 3G... Descobri que também é uma INSTABILIDADE total... Então, num instante inesperado me vi fazendo uma curva no tempo e adotei (provisoriamente) a conexão discada... Minha vida digital se reconfigurou. Tenho gostado. Por mais que pareça ter uma Vicious & Delicious relação com a internet... A sua falta, em feroz velocidade, me agrada... Passei a pensar mais devagar.

E nesse ritmo ORGÂNICO... Redescobri a Katherine Moennig (Aka Shane)... Bem, precisava ter um pulsar mais analógico para perceber os nuances que são tão óbvios às LEZ GIRLS... Apesar de representar uma personalidade instável em THE L WORD... Há, sem dúvida, um quê de sedutor nessa completa C-A-F-A-G-E-S-T-A-D-A da andrógina Kate... Ops... Shane.

Eu já passei alguns momentos junto de uma cafajeste, uma canalha... E sabe o quê? Elas são boas de cama... Trepam muito bem... Aprendi muito... Quem não caiu no padrão Amélia? Quem não se jogou numa intrincada relação fadada a dor só pelo prazer do percurso?

Acompanhem nos detalhes esse Vicious & Delicious da nossa Kate (Aka Shane)... E me digam se não há algo sedutor em sua despojada figura.

da_bomb

leisha_kate_party

111

jap_poster

streifenhoernchen

Kword_simko_01

Kword_simko_002

Kword_simko_1

Kword_simko2

Kword_may_001

Kword_may_002

Kword_may_003

Kword_may_004

P.S. Acreditem... Revendo minha experiência... Valeu a pena... Bons momentos, intensos... Então, deixo uma música para vocês... Algo que me faz lembrar... Apreciem.



Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved