Café com Lesbiandades - ...."ID"

| |
O cerrado arde pela teimosia da chuva que insiste em não cair... No Blog nosso de todo dia, uma visita super “hot”. Jennifer Beals, direto do “Red Carpet”, desfilando todo o seu charme na “Passarela Lez”, contribuindo para o aumento da temperatura...agora, perto dos 40º. E cá estou eu, entre um banho frio e outro gelado, emergindo na semana quente para o costumeiro “Café”semanal. Previsão do tempo: “Discussões acaloradas, com promessa de mais elevações climáticas... Aff!!! Haja água... rsrs

Olá... Tudo bom meninas? Prontas para me ajudarem a tecer mais essa “Teia de Lesbiandades”? Como matéria-prima: Eu...vocês...nós...a ID...nossa essência!

"ID"

“Identidade é o conjunto de características, físicas... psicológicas... ideológicas... próprias e exclusivas de uma determinada pessoa.”

O jeito de agir... a forma de pensar, escrever, falar... o perfume... a postura que se assume diante da vida e das pessoas... a paixão pelo trabalho... São alguns dos caracteres que te identificam, que te apresentam ao mundo... que difere você dos outros. Sim, é possível conhecer alguém verdadeiramente, através deles, desde que acompanhados por uma tal de autenticidade... missão árdua essa de ser autêntica.

Tema delicado e de debate difícil... Porém importante e um tanto interessante. De um lado, a necessidade do senso curioso, que quer conhecer e despir nossa essência... Do outro lado, a particular dificuldade que, por vezes, temos em nos colocar na vitrina... Seja por medo... Seja por conveniência... ambas se confundindo com precisão.

É Lez Girls, complicado isso! Somos filhas de uma sociedade exclusivista, que elege padrões e coloca à margem quem não se encaixa neles. “E como nós entendemos e sentimos isso na pele, não é mesmo, queridas?” Então, nos tornamos sobreviventes com ID mutante, que se adapta às várias organizações nas quais estamos inseridas, deixando a satisfação própria em outros planos (2º... 3º...), nos preocupando em fazer parte da “Cadeia da Sobrevivência”.


Não! Não é fácil ser “EU”!!! Mas é preciso... Vai chegar o momento que teremos que deixar o casulo e voar... cumprir nossa saga... ser feliz! Cuidado para não passar a vida no quarto escuro... A hora da saída, chega... mas não pode faltar o movimento. Esse é um espaço de movimento. Onde colocamos nossas angústias... alegrias... experiências. E na troca delas, aprendemos, construímos e nos sentimos na nossa verdadeira ID, adquirimos segurança para sermos “Nós”.

Aqui, nosso desejo nunca será julgar, cobrar... criticar... Impor uma verdade! O que queremos é discutir... refletir e trocar! Isso têm acontecido. E como tenho aprendido com todas vocês!Compartilhamos do mesmo sonho... “Felicidade”. Que seja ela a nos mover na constante procura do “SER”.

Para minhas queridas... o que me identifica!!!

Um beijo e muita luz...

9 comentários:

Bel disse...

Charlotte sempre me surpreendendo né?
Depois do "Manual Prático para Mulheres que Amam Mulheres"...Calma eu explico:
Primeiro vieram beijos envolventes, depois toques tentadores para finalmente encontrar o ápice no amor. O que viria depois do amor?? Um cigarro?? Não uma crise de identidade, lógico!!
Desculpe Charlotte não pude resistir a brincadeira sei que seus textos não foram pensados assim essa fui eu que inventei. Desculpe!!

Dos temas possíveis Charlotte trouxe o único que considero inelegível não apenas pela dificuldade de abordagem mas principalmente porque ele permeia todo e qualquer tema escolhido, além de ser pra lá de "pesado" e “existencialista” mas enfim assumo esse "elefante branco" e veremos no que dá!!

Queria neste momento pedir permissão para nossa amazona e fazer uma alusão aos nossos super heróis e perguntar: será possível viver uma vida com dupla identidade como Clark Kent e companhia ltda ?? Hummm ...

Como vocês já puderam perceber pela inteligência e perspicácia que me é peculiar!!! Quando o tico bate com o teco vem estrago pela frente!!! Definitivamente não é o caminho que escolhi!!! A identidade é um processo dialético entre o mundo, você e as pessoas com as quais você se inter-relaciona ao longo da vida. Cabe a você, a mim, a nós perceber esse processo e mais ainda não permitir que outros venham dele se apropriar esse processo é seu e somente seu!! Por essa e não por outra razão essa questão da identidade associada a idéia da sexualidade vem quando nos tornamos independentes para optar por um caminho assim foi e é comigo. (Entenda a opção aqui não é pela sexualidade acredito que essa já nasceu comigo a opção é pelo caminho que se escolhe a fim de experimentá-la).

vivi disse...

Olá!!!... minhas queridas... Uau!!! Charlotte, meu bem... que imagem é essa... parei.!!! E quase não consegui mais postar... Se fosse para votar, votaria em vc... nessa foto maravilhosa... com esse ar ....hummm.. o que vc estaria pensando... cabisbaixa... mistério...
Se bem que, Jennifer Beals ... está um espetáculo não ?! rsss...
Aiaiai... difícil não, você posta umas imagens ... que tira toda e qualquer concentração...e depois ainda quer discutir algo.... rss...
Mas... vamos lá... nossa... eu ainda não tinha pensado em ID... como nossa ESSÊNCIA... eu tinha para mim que essência era algo mais... Explico... Minha essência: Lez girl, e como tal me IDENTIFICO... tenho simpatia, me atrai, um certo tipo de Lez... hj... mas amanhã posso vir a gostar de outro tipo de lez... mas a minha essência lésbica continua a mesma... dá prá entender... (ps.: preciso pensar mais um pouco a respeito rss... )... vou precisar mais de tua luz... hehehe... Ainda sou um pinguin... rsss...qual deles hein?! rsss... (ri muito)... desculpe-me não deveria, mas... me imaginar como um ... rsss....
Sim.. claro que com essa junção de características... pessoais... é temos o EU, hummm... o SER... que busca semelhantes... aiaiai... vc hein!!! que penso agora rsss.. Sim porque... sou única... tenho minhas características... mas essas mesmas características... é que fazem com que eu me identifique com outras pessoas e vice -versa... não é mesmo... mas o meu EU... esse sim... é só meu... aff... PAREI!!!
... Bem quanto a autenticidade... essa... vou pensa-la... vou associa-la ao aceitar-me ou não.... Sabe depois que ME ACEITEI... posso dizer que me senti mais AUTÊNTICA comigo mesma... e isso me fez sentir um ser humano melhor... não me vejo mais como uma anomalia, uma coisa errada, sim talvez diferente da grande maioria... que se considera normal... rss...
E quando isso aconteceu comigo me senti mais forte, e com uma vontade enorme de sair do tão famoso armário... Porque nw o fiz... por covardia eu acho rss... nossa... se me sinto mais forte porque não faze-lo não é mesmo?!... Mas acho que por medo de enfrentar tudo e todos sozinha... sempre digo para mim mesma que quando encontrar alguém vou... assumir .... tudo... a relação, a pessoa amada e a mim mesma perante todos...se uso isso como bengala... hummm...... Mas...quanto ao ser autentica para o mundo... vc tem razão... uma hora vou ter que faze-lo... !!!
Ah! doce e sensível Charlotte... quanto a isso vc nem precisava disser... cobrar, julgar, criticar... e quando vc o faz.. é de maneira tão sutil... que se transforma em algo bom... é o que nos faz pensar... refletir... até mesmo quando não queremos rss...
... ""Então que seja ela a FELICIDADE.. a nos mover na procura constante do SER...""... Lindo não?! rss...
Para mim... o que me identifica... Um carinho e muita cumplicidade...
Carinhosos beijos a todas...

Papillon disse...

Autenticidade!!

Minha querida Charlotte, vamos pensar bastante sobre isso!! Assunto bastante polêmico, não acha?

Logo, nós pobre mortais brasileiras que culturalmente vivemos em um país de tantas mascaras. E isso independe da orientação sexual, religião(essa é a pior das mascaras!!), cor etc.

Pessoalmente, adoro essa palavra e vivo ela o quanto é possível e para quem é possível!! Afinal , poucos aceitam isso!!!

E então, queridas amigas: será que devemos ser autênticas ao que não deseja nossa autenticidade? E será que fazer isso não é ser autentico, já que faz também parte da nossa essência cultural a falta de autenticidade?

Isso mesmo, tem pessoas que não agüenta tanta autenticidade e devemos vestir uma das nossas mascaras e mostrar apenas o que é possível para essas pessoas...para outras devemos retirar todas as mascaras e buscar a aceitação...mesmo que isso seja difícil....mas o importante é ser autentico e ser feliz autentico e infeliz não vai nos ajudar em nada!!!

Nem toda verdade deve ser dita!!! Aprender isso foi depois de muitos anos de analises!! E uma outra é que devemos responder a tudo, se nos é perguntando porque outro pode não querer saber e por isso não pergunta.

Logo ser autentica é um grande desafio!! UFA!!!!!

A maioria das pessoas que busca no outro autenticidade na maioria das vezes não está preparado para a verdade....eu tenho encontrado muitas dificuldades no meu caminho LEZ quanto a isso...quem realmente me conhece sabe o quanto sou autentica e honesta e o quanto isso me custa caro....será que desejamos ser autênticos para nós ou para o outro?
Se pensarmos sobre isso ao olhar do outro encontramos o desejo e a idealização do outro e não o nosso, não acham?!! Para ser autentico com o outro devemos ta preparado para enfrentar esse olhar e aceitar que não somos seres idealizados e sim pessoas de CARNE E OSSO....e assim seremos realmente autentico e teremos nossa verdadeira ID.

Hoje eu tenho certeza de quanto busco a felicidade e de quanto buscar isso é um caminho árduo....sim tenho momentos bem felizes e de realizações maravilhosas...mas tenho meus momentos de crises existências e de tristeza que me faz colocar minha mascara da não autenticidade e continuar a vida quando gostaria de parar apenas um pouco para pensar...mas o outro não agüenta essa maneira de ser autentico da tristeza presente e cobra a felicidade...o sorriso diário ou seja a não autenticidade...

Querida Vivi que bom ter vc outra vez e quanto profunda vc é!!!
Que bom que minha campnha fez efeito!!

Beijos, minha lindas!!!

vivi disse...

... Olá!!! Queridas Lez Girls.. tudo bem com vocês?! Espero que sim...
Maluquinha querida... tudo bem?! Nossa... agora... depois de ler seu comentário... PAREI de vez... preciso pensar, pensar e pensar... " ... nem toda verdade deve ser dita..."... e se vale a pena dize-la para pessoas que realmente não deseja ouvi-la... rsss...
É vc tem razão... e também quando diz:..." mas tenho meus momentos de crises existências e de tristeza que me faz colocar minha mascara da não autenticidade e continuar a vida quando gostaria de parar apenas um pouco para pensar...mas o outro não agüenta essa maneira de ser autentico da tristeza presente e cobra a felicidade...o sorriso diário ou seja a não autenticidade..."... é bem isso mesmo rss...
Obrigada meu bem... pelo carinho, apoio, enfim por tudo... pela campanha kkkk... essa kkkk....
Não, meu bem ... profunda é você, Charlotte... nossa deusa da informação... Vocês... com essa bagagem de conhecimentos que me maravilha... me encanta... e me tras de volta... a cada post... a cada comentário... estou ficando viciadas em vocês... rss.... Viu não disse que vcs são um perigo!!!... E que perigo!!! rss...
Beijus... Uma ótima semana a todas...

Bel disse...

Meninas só para nós:

"O outro

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio:
pilar da ponte de tédio
que vai de mim para o outro."

Mário de Sá-Carneiro
1914

Charlotte disse...

Bel...minha querida...é mesmo essa a idéia...brincar...divertir...dizer a vida...cada uma ao seu estilo... esse é o charme deste espaço...sem sensura...
Me desculpe pelo "elefante branco"...kkkkk... Deixei vcs mal acostumadas, não é? Mas, como não provocar comentários fantásticos como estes...
Beijocas moça...

Ah, Vivi...que delícia tê-la de volta!!! Olhinhos puxados, não vejo a decisão de se manter no tal "Armário"...como covardia... Tudo tem seu tempo, mesmo tendo nós que fazê-lo...Penso isso como um processo... tipo a metamorfose da lagarta...Cada uma delas tem seu tempo exato de mutação...forçar a ruptura do casulo, antes do tempo...causará seqüelas irreversíveis, comprometendo a existência feliz deste belo ser oriundo...Mas, por outro lado... se deixá-la seguir seu curso... sua forma pouco atrativa dará origem à linda e sedutora borboleta...Luz pra vc moça...

Papi, minha linda... "polêmica"..."elefante branco"..."necessário pensar"...sim...pensar e discutir sempre.. É assim que mantemos o "PROCESSO"em movimento...Pelos comentários vejo que deveria ter trago esse tema antes... que riqueza de pensamentos...Quanto aprendizado...
Beijão Miss Poesia

Charlotte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Charlotte disse...

Sabe meninas... tenho conversados com várias garotas (calma...apenas conversas inocentes... afinal ossos do ofício...kkkk)...Falando sério agora... a maoiria delas têm me agradecido pelos posts(não só da Charlotte, mais da Hipólita e da Peh) colocados aqui no Blog... e sempre colocam os comentário que fazemos, como experiências que as têm ajudado muito... Que responsabilidade né?...
São unânimes em dizer que a a nossa Lesbosérie se tornou um divisor de águas em suas vidas...que através dela, chegaram aqui...onde se sentem entre "os seus"...
Engraçado, eu costumava dizer isso à Peh, quando conheci (e acho até que viciei...será?...kkk) o Blog...É, sei bem o que elas sentem pois, falo por mim... tudo que leio por aqui... tem somado muito à minha vida...Tenho aprendido muito com todas vcs...Obrigada...
Meus amores, um enorme beijo à todas e...o que não pode faltar ... LUZ!!!
Adoro todas vcs...

vivi disse...

rss... uau!! moça?! kkkk.... ADOREI!!!... Hummm... melhor não?!.. de Pinguin.. agora ... uma largata... mas que no final se transformará numa linda e sedutora borboleta...rss... Obrigada!!!
Vc... também anda bastante poetica nw Charlotte querida... kkk...
Beijus... é um prazer... boa filha a casa torna... kkkk.. é isso?! rss...
Um ótimo dia prá vcs... e prá ti também Miss Poesia...rss...

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved