Recaps The L Word Episódio 1x01 - Pilot

| |
Começamos o nosso Recaps e confesso que estou animada para rever todo o trajeto destas ladies... E revendo o panorama deste lesbodrama as personagens vão tomando uma forma mais concreta e fica claro que Ilene é um perigo quando se trata de construção coerente de roteiro. Queridas leitoras escutem "é preciso estar atento e forte"... A qualquer momento o caráter de nossas Lez Girls pode passar por uma metamorfose inacreditável.

Fazer estas recapitulações estão consumindo um tempo maior que o esperado, é preciso pesquisar as informações, rever o episódio (obvio), encontrar diferenciais, além de obter as fotos para o devido momento comentado. Um verdadeiro trabalho jornalístico, estou me achando definitivamente! Mas o que torna tudo isso estimulante é a compreensão destas personagens e como esta compreensão afeta a nossa visão da realidade. Não se enganem queridas fans elas afetam o mundo real. Porém, vocês não estão aqui para ler apenas sobre minhas viagens sociológicas, vocês querem reviver a jornada destas maravilhosas mulheres, vamos a isso então. Começando nosso Recaps, segue a ponta do fio de lã...
O episódio 101 -"Pilot Episode".

Por Scribegrrrl do AfterEllen
e Euzinha mesmo

A primeira temporada de The L Word introduz a Bette Porter (Jennifer Beals) e Tina Kennard (Laurel Holloman), o casal decidiu ter um bebê. A namorada do seu vizinho Jenny (Mia Kirshner) chega, e inicia uma amizade com Bette e Tina, Jenny começa a questionar sua sexualidade. A irmã de Bette, Kit (Pam Grier), luta com o alcoolismo, enquanto Dana (Erin Daniels) luta para manter as aparências na sua vida profissional, como jogadora de tênis, guardando um segredo lésbico.

Tina and Bette Tim and Jenny Marina Dana

Todas lembram da introdução? A nossa música era outra, não ouvíamos aquele "and loooooove!" Interminável. Confesso não gosto da musica atual, prefiro a deste episódio com as cenas de West Hollywood em LA, mas isso é pessoal, não é?! Nesta introdução temos uma cena bastante sugestiva e que acredito ser uma bela fotografia.

Seguindo no episódio, a música para e alguém fala de ovulação, então aparece Laurel Holloman em sua primeira cena como Tina, mas ela ainda se parece com a personagem Randy Dean em "The Incredibly True Adventure of Two Girls in Love". Eu adoro este filme. Pueril e inocente, mas quem aqui já não teve estas emoções?!



MANHÃ EM L.A. - Seria uma cena matinal comum se não fosse este sonoro chamado de Tina: "Bette, venha aqui", seguido da revelação: “Estou ovulando". Ah, essas palavras românticas. Bette diz: "Vamos fazer um bebê", e dá um beijo em Tina que para mim foi como um susto e um susto gostoso... Humm será que digo para vocês o quanto fiquei animada com isso, jamais tinha visto isso num drama televisivo. Mas Bette é cruel para todas nós e diz a doce Tina para se vestir porque ela tem que ir trabalhar... Maneira abrupta de matar o bom humor. Bette! Bette venha aqui!






A canção começa novamente Marianne Faithfull e há um rapaz saindo da casa vizinha e cumprimentando a Tina e Bette. Seu nome é Tim, pra quem esqueceu. Ele é o vizinho. E eu me pergunto: Quem se importa? Eu não tiro os olhos das roupas destas garotas, realmente Lez Girls em LA se vestem muito bem.



Chegamos ao “The Planet” (restaurante/cafeteria). Ok, ouvimos um sotaque por trás do balcão. Marina... Ah, Marina, eu sinto saudade dela. E você? Shane, a única com o cabelo completamente emaranhado, não fala com ninguém antes de ter seu “tiro” da manhã, e então sai para trabalhar. Uma das meninas insiste em falar com ela. Humm, parece que Shane será a "virtuosa", alguém duvida?!



Bette e Tina chegam e todas as outras olham para o beijo doce e afetuoso que trocam. Jennifer Beals parece ótima no seu terno e tem a atitude. Ela pode dar um doce afeto para mim a qualquer momento, se ela quiser... Acredito não ser a única neste planeta. Estou vendo cabecinhas sinalizando que sim?!

As outras descobrem que Bette e Tina estão falando sobre a iminente inseminação e, em seguida, Tina diz: "Mas, em primeiro lugar, Dan Foxworthy”. Ai, minhas queridas, é ai que começa o lesbodrama. Mas acredito que Tina foi muito madura em sugerir esta ação para o casal. Começamos a perceber o som de cada personagem e a forma como elas reagem aos acontecimentos





O AEROPORTO - Esse garoto, Tim, pega uma mulher. Não, "pegar" é uma espécie de atitude Shane de ser, mas ele pega com um carro mesmo. Você sabe. Mas eles se beijam e vemos a Jenny, doce, tímida. Por isso ela passa totalmente inócua.



O CONSULTÓRIO DO TERAPEUTA I - Tina explica que Bette esta atrasada porque ela é a diretora da California Art Center. E que, mais tarde, terão de ir pegar o esperma. A Power Suit Bette chega, e ainda falando ao telefone. Ao sentar dá um tapinha carinhoso no joelho de Tina. Bem, uma espécie de ação carinhosa típica de Bette.





A pergunta é feita: Por que tentar ter um bebê, tendo em consideração o fato de que a vida sexual tem sido uma "merda" nestes últimos três anos. Concordo, mas cuidado Bette vai chutar a sua bunda!





Ah, e acrescentem um clichê à lista: A cama-gay de casais estáveis morre. Elas defendem-se, dizendo que estão juntas durante sete anos, e Bette salienta dizendo que um terapeuta masculino e hetero não poderia compreender isso. Ele explica, que a "simbiose" (o tipinho que mata o sexo) é uma coisa normal no relacionamento entre mulheres e especialmente delicada. Ei, isso é trágico! Tina fornece seu próprio clichê resumindo: "lésbicas querem se fundir". Seja o que for, este episódio é uma espécie de 101 questões Gays para as pessoas que não querem passar por desavisadas.

Tina explica que a inseminação não está em discussão: Ela era uma excelente executiva de desenvolvimento e encerrou seu trabalho para começar uma família. Ah, como é óbvio e faz todo o sentido. Qual é a encolha que tem? Isso é bom para mudar algo na relação? O que pode ser mais idiota! Mas a caminhada de Tina e Bette fora da sala de terapia não deixa dúvida que elas não pretendem voltar. Lesbodrama. Bem, para uma ilustração mais adequada segue tudo dito em forma de imagem:


OCEANO PACÍFICO - Jenny revela-se impressionada com o Oceano Pacífico tão perto. Onde é que ela acha que estava indo - Los Angeles, Texas? - Essas coisas obvias são demais. Eles chegaram à casa de Tim; ele converteu sua garagem em um estúdio para Jenny. Ele parece bom, realmente bom rapaz.

POTENCIAL DOADOR DE ESPERMA - Bette e Tina checam as pinturas do estúdio, numa atitude assim: "Isto é arte, Isto é sopa, entendeu?!". Enquanto o doador providencia a outra sopa salvadora de relações lésbicas. Precisava de tudo isso?! Digam, foi uma ilustração completamente desnecessária.

O CARRO DA BETTE - Bette no telefone novamente e começa a falar sobre a sopa, humm, quero dizer o esperma. A pessoa ao telefone deve pedir uma descrição do esperma. Bette examina o modelo e diz, "Deus, é repugnante. Eu não posso acreditar que eu costumava engolir isso". Argth!!! Certo, talvez a analogia da sopa foi mais adequada do que eu poderia perceber.

A VIRTUOSA E A PISCINA - Jenny ouve algumas vozes no quintal vizinho - Quintal de Bette e Tina. Ela vê algumas mulheres nuas que em seguida entram na piscina: uma delas é Shane "Virtuosa". Em breve elas se entregam a deliciosa piscina alheia. Essa cena foi realmente realista. Geralmente, quando as mulheres têm relações sexuais no filme (não falemos em novelas), é um tipo de resumo e sombras, você não pode descobrir o que está acontecendo e ninguém realmente parece estar tocando ninguém. The L Word revelou ao mundo que quando têm relações sexuais lésbicas usam as mãos.




EMBARAÇO DE JENNY - Mas ela parecia desfrutar do espetáculo.

O CONSULTÓRIO MÉDICO - A médica explica que a inseminação algumas vezes funciona melhor se a receptora estiver excitada. Bette faz uma face gracinha de incrédula, mas acha que isso ajudaria a Tina, portanto Bette mergulha direito no assunto (Captou?!), mas, em seguida Bette reclama e até argumenta sobre "como tudo isto é estranho". Tina apenas permanece numa espécie de espera, como a dizer "Faça logo". Ha ha! RandyTina é lindinha, e que cara.

A médica interrompe. Bette limpa sua boca e segue a médica para um computador, que exibe uma imagem de desilusão da sopa esperma do artista. A médica diz, "Esse material não faria qualquer pessoa engravidar".

A MERCEARIA - Jenny pede uma informação; ela quer um emprego como um caixa. Ela e Tim não parecem ter muito dinheiro, assim como estão vivendo ao lado da "Power Suit" Bette e da Tina "Ex Executiva” ? Não pensaram nisso, né?

THE PLANET - Tina explica a Alice e Dana que o esperma do artista não tinha "nenhuma mobilidade”. Alice diz que "você nunca sabe disso pela forma como o cara f........e". Dana fica irritada com Alice e pede para ela escolher, de uma vez por todas, entre "pau e xana". Alice, evidentemente, não irá fazê-lo, e não deveria, não é ?! Mas agora sabemos que Bette no passado engolia esperma e Alice ainda Fo.....e com caras. Todos os leitores do sexo masculino hetero (se é que eles visitam o blog) estão confortáveis agora? Sim? Bom, vamos prosseguir.

Marina (a única com o sotaque que estava por trás do balcão, no início do episódio e me faz perder o foco) se senta à mesa e pergunta o que está errado. As quatro montam um plano para encontrar um novo doador enquanto o ovo de Tina permanece implantado. Pegou isso?

Elas estão discutindo o doador ideal - forte, saudável e criativo - Shane aparece. Dana diz o que estamos todas pensando: "Há sempre Shane". Mas, em seguida, Dana pergunta a Shane porque ela tem de vestir "como isso", porque tudo sobre ela "grita sapata". Dana é uma jogadora de tênis e tem medo de ser descoberta. Bom, Bette e Tina estão fora do armário, pelo menos. Shane é tranqüila sobre o que ela é. Dana e Alice tremem um pouco.

Em seguida Jenny aparece caminhando, tipo, dando uma olhada pela janela. Dana diz "hello" numa forma de malícia. As outras viraram para olhar e em seguida dizem a Dana que ela é "tão gay". Ela sabe, ela sabe.

A DEPILAÇÃO - Dana pergunta as outras o que pensam sobre depilação à cera no ânus. Tina pergunta: "Quem tem cabelo no rabo?". Alice tem um olhar de entrega em seu rosto e diz: "Pelo menos eu não tenho mais". Justamente a tempo, a conversa muda para a doação de esperma, e eu não posso acreditar o quanto estou muito grata por isso. Aparentemente resolveram dar uma grande festa, assim Bette e Tina podem encontrar um melhor doador.

O BAIRRO - Tina esta na ação de jardinagem (nada pode ser tão dona de casa classe média) e oferece alguns rosmarinus (alecrim) a Jenny. Elas falam de escrever e bebês. Jenny esta inicialmente confusa sobre como a Tina pode ter um bebê se ela e Bette são um casal. Mas, em seguida, Jenny recupera a razão e perde a inocência.



A FESTA & O DOADOR DE ESPERMA - Alice diz que para lésbicas a amizade é uma outra palavra para preliminares. Será que o mundo não seria um lugar melhor se isso fosse uma verdade para todos?



Bette menciona que cada vez que Shane chega em uma sala, algumas menina saem chorando. Ilustração didática # 1: Garota pergunta por que Shane não ligou para ela na outra noite. Ela faz tempestade, não chora muito, mas definitivamente não esta satisfeita com Shane. Olha delineando os padrões.







TIM E JENNY CHEGAM - Todo mundo é muito amável. Tim reconhece Dana e que ela é uma grande jogadora; Dana agarra seu acompanhante para a noite e apresenta a Tim. Algumas convidadas da festa decidem verificar todos os dedos: Se o seu dedo médio é mais longo do que o dedo indicador, supostamente significa que é uma lésbica. Fui verificar isso durante o trabalho, mas acho que ninguém ficou muito impressionado. Eu passei no teste, porém, é um alívio: Caso contrário, como poderia ter certeza, não é mesmo?



Bette e Tina estão tentando falar com um cara para ele ser um doador, mas ele não quer ver o filho mais tarde pedindo para ele ser um pai. Bette e Tina parecem ter uma espécie de surpresa. Porque?

Alice está conversando com Jenny. Ela está impressionada porque Jenny ganhou um prêmio de ficção. Alice, uma vez ganhou uma viagem à Islândia: hauhauhauhau, ai Alice, adoro ela. Marina aparece, se junta à conversa. Alice a introduz: "Esta é Marina. Ela é dona do The Planet".

Fagulhas chispam entre Jenny e Marina. Elas descobrem que ambas sabem quem é Nietzsche (Alice parece que não) e que amam tanto a Anne Carson. Alice diz que elas devem assumir a Cosmo-romântica compatibilidade. Marina diz que ela pode reduzi-la a uma pergunta: "Qual é o seu mais influente e importante livro, que mudou a sua vida em todos os tempos?".

Jenny não quis responder à pergunta, ela pergunta de volta à Marina. Marina que diz, "Eu perguntei em primeiro lugar”. Qual é a delas? Parecem ter cinco anos. Alice sugere que cada uma sussurre sua resposta para ela e ela vai dizer se são compatíveis - e pela reação de Alice, já sabem. Acho que eu sei também, porque existem todos aqueles reluzentes olhares e sorrisos, mas a verdade é que estou muito ocupada olhando a Marina para dar muito sentido a qualquer outra coisa. Nunca saberemos a resposta delas. Nada justo. Tenho certeza que era algo muito literário.

Bette e Tina continuam sendo rejeitadas por todos os pretendentes. Jenny está na fila para o "banheiro", e ao entrar em uma fração de segundos a segue Marina. Ela empurra Jenny contra a parede e a beija; Jenny primeiro resiste, mas não por muito tempo. Este foi um belo beijo, Marina e as mãos estão por toda a Jenny, mas uma Jenny assustada empurra Marina e pode-se ver suas indagações - como ela pode?! - E deixa o banheiro. Ela encontra Tim, que está no meio de uma conversa sobre o seu colégio e equipe de natação, e pede a ele para voltar a sua casa.


Vemos Kit de longe, tocando como DJ, durante cerca de 3 segundos. Descobrimos aqui que ela e Bette não são inteiramente amáveis.

JENNY REAGINDO - Tim fala com Jenny sobre o fato dela ser rude ao interromper ele, e sobre a forma como ela está estranha no geral (é o efeito Marina, Tim). Jenny decide agir em vez de que falar. E temos mais sexo. Não é bonito o sexo? Mas acredito que deverei colocar uma informação no blog sobre conteúdo adulto, só pra garantir.

FESTA & O DOADOR DE ESPERMA - Bette e Tina perguntam porque os homens estão transformando-se em sentimentais. Tina pergunta se há algo errado com o seu "tom". Shane explica qual é o verdadeiro problema:

Shane: Não tem nada a ver com você. Trata-se do novo homem.
Dana:
O quê? O que você sabe sobre os homens? Quer dizer, você nunca esteve com um homem.
Shane: Bem, o novo macho é mais espiritual do que o velho homem. Ele vê o seu esperma como um prolongamento do seu interior. Considerando que o velho homem vai em qualquer mulher, sem pensar sobre o que irá acontecer, o novo homem tem todos os cuidados com o que vai acontecer com suas sementes.
Alice: Oh meu Deus, é Yoda.
Dana: Sim, eles ensinam isso na escola de cabeleireira, a propósito.
Bette: Bem, isso é justamente excelente. Por que eles têm de fazer de sensíveis sobre nós apenas quando precisamos deles. Podiam continuar a ser os mesmos velhos idiotas?





Shane vai embora com a sua mais recente conquista. O garoto acompanhante de Dana está bêbado e começa a abraçá-la, então ela diz a ele que a festa acabou e que ele pode voltar a ser gay.

AULA DE SPIN - Tina e Dana comentam suas situações controvertidas. Tina tem um verdadeiro amor, mas não tem um esperma, e nada disso tem a Dana, na verdade ela apenas quer dar uma boa olhada na treinadora de "espetaculares seios”.

Tina: Então, vá junto dela.
Dana: Não. Além disso, ela é hetero.
Tina: Como você sabe?
Dana:
Porque eu estou tão atraída por ela. Toda vez que eu estou atraída por alguém, ela esta indisponível ou é hetero.

Esta frase foi provavelmente como a suposta frase hetero, "Todos os bons estão com alguém ou são gay". Veja, estamos todas no mesmo! Lésbicas têm exatamente a mesma experiência que pessoas hetero: O esperma tem baixa mobilidade, as pessoas interessantes e com personalidade estão casadas, as que não nos querem são as que nós queremos. Por que devemos continuar a deixar que as nossas diferenças nos dividam?

THE PLANET - Jenny tropeça em Tina, que a convida para sentar-se com ela e as outras. Alice olha tipo irritada e Shane olha divertindo-se. Marina vem em seguida; ela e Jenny fingem que nada aconteceu, falam sobre o café e sobre literatura e grupo de leitura, mas parecem que estão falando sobre quando, onde e quantas vezes elas têm sexo.
Marina: Então, como é, você gosta do The Planet?
Jenny: É bonito. É bacana.
Os olhos de Dana passam ao longo, Alice arregala os seus, Shane contém um sorriso, e uma por uma dão suas desculpas para que Jenny e Marina possam ficar sozinhas. Tina exprime um pouco de preocupação e interroga se Jenny ficará bem, mas Marina corta respondendo que sim, ela ficará bem.
Marina: Você está bem, não é mesmo?
Jenny: Não, eu estou bem. Eu estou bem. Eu...
Marina: Espero não ter perturbado você na outra noite.
Jenny: Não, você não me perturba. Acabei... Eu vim aqui dizer que eu não sou ... eu não sou ...
Marina: Uma grande viciada em café?
Jenny: Eu tenho de ir. Tenho de ir.
Depois de mais alguns deixa disso, lero, lero cá, lero, lero lá, Marina e Jenny caminham para o carro. É do Tim o carro, um "carro músculo", afirma Jenny, que fica embaraçada com isso, mas Marina diz que ele é sexy. Ela poderia dizer que é sexy uma caroça que pareceria uma frase verdadeira. Ela convida Jenny para o "Radar", que é uma noite especial no The Planet às terças-feiras. Jenny pergunta "O que é o Radar?" diz obrigado, mas não. Marina é graciosa e ainda continua sorrindo, perfeito.





OUTRO POTENCIAL DOADOR DE ESPERMA - Bette e Tina parecem ter encontrado o perfeito artista doador, com um sotaque francês - quem é o cara? Enfim, ele pensa que haveria uma real f......a envolvida: "Ei, ze pénis, ze pussy, ze baby".


A LUTA - Todas riem com a do cara francês. Todos, isto é, com exceção de Tina. Ela escolhe lutar contra Bette, e todas se sentem desconfortáveis. Bem, talvez ela exagerou um pouco, mas vamos: Foi muito engraçado!





O RADAR - Jenny aparece toda arrumada, aparentemente ela mudou de opinião sobre ir ao Radar. Humm, Tim e o outro técnico de natação (cujo nome é Randy) estão trabalhando em algumas coisas, então eles desejam a Jenny uma divertida noite. Depois que ela sai Randy pergunta a Tim como ele pode "deixar que" ela vá a uma festa sozinha. Talvez Randy e o pseudo-francês, pseudo-artísta devessem se reunir e conversar sobre os bons e velhos dias dos homens da caverna.

THE PLANET - Jenny não percebeu que o Radar seria uma festa de mulheres. Duh, Jenny. Os olhos de Dana acham alguém que parece familiar... Sabem a piada sobre a forma como a comunidade lésbica é pequena? Talvez ela também se estende à comunidade de atores que aparecem em filmes gays ou em personagens gays.

Jenny encontra os outros. Tina diz, "eu não sabia que ia sair esta noite”. Ha ha... Marina explica que ela pensou que a Jenny gostaria de conhecer o Radar; ninguém sabe o que exatamente quer dizer isso. Marina também diz a Jenny que Kit recitará uma poesia esta noite, e temos mais 2 segundos de Pam Grier. Jenny pergunta onde está Bette, Alice e Tina simultaneamente dizem: (a) "Ela está ainda lutando", e (b) "Ela está ainda no local de trabalho." Tina faz uma cara engraçada para Alice.

APARÊNCIA FAMILIAR - A única mulher que Dana colocou os olhos pára na mesa; Dana recebe todos flash e diz olá. A mulher finge dizer olá e volta, para em seguida, abaixar e beijar a Shane.

Dana: O que tem a Shane que eu não tenho?
Tina: Tem a ver com a sua atitude.
Dana: Eu tenho atitude.
Marina: É porque ela é tão descolada.
Tina: Não, é porque ela estava confiante.
Dana: Não, é porque elas são tão estúpidas, e as pessoas demasiado estúpidas não olham para pessoas inseguras e mudas. [Ha Ha!]
Alice: Dana, ela é sua amiga.
Tina: isto é confiança, ok? Estou dizendo a você. E é por causa de seus seios.
Dana: O que você quer dizer, é por causa dos seios dela?
Tina: Ela tem os melhores seios na cidade, e ela sabe disso.
Alice: Oh meu Deus, você está tão certa, ela tem mamilo confiança.
Parêntese: Eu não concordo com a versão de Tina. Os seios de Tina são muito mais maravilhosos, preenchem espaços.... Bem, vocês sabem. Agora, porque a Tina sempre se coloca em postura inferior?!

Até agora Jenny se encontra desconfortável; ela decide apenas ir "passear ao redor". Sim, isso é como "pisando em ovos", em um campo minado. Um campo minado onde todas as minas são lésbicas com o desejo latente. Alguém vem imediatamente sobre Jenny, naturalmente, ela diz: "Não, obrigado", e sai.

A MERCEARIA - Jenny aprendendo as contas. O outro caixa pergunta se ela gosta do bairro, se incomoda a ela que existam inúmeros homos ao redor. Direto no assunto. Marina aparece, com o seus cabelos lindos e uma maneira muito sexy.

Marina: Anda, que eu quero ver você me cobrando.
Jenny: Tudo bem. Estou desolada ... Sobre a noite passada. Eu deveria ter ... eu não devia ter deixado assim o... Eu me sinto realmente ridícula. Eu sinto muito, muito e acho que me apavorei. E não porque era um bar gay, ok? Mas porque eu não tinha absolutamente nenhuma idéia do que eu estava fazendo lá, você sabe?
Marina: Você gostaria de ir para a meu grupo de leitura? Será, uh, em uma semana a partir de segunda-feira.
Jenny: Não sei. Tenho que verificar com Tim. Hum ... Marina, é o seu grupo de leitura um grupo gay?
Marina: Não, há pessoas heteros. [Ela pega o saco da mercearia e começa a sair.] Jenny olha sob o pequeno avental.

Heiii. Vire-se Marina. Jenny está verificando a sua saída! Eu não estou. Estou presa no pensamento sobre o fato de que não sabemos quais foram os mantimentos que a Marina comprou. O que seria revelador, não acham?!

CASA DE TIM E JENNY - Jenny e Tim estão jantando com outros dois jovens heteros e falam em reunir para um jogo. Jenny afirma que não pode jogar poker porque ela tem que ir para o não-gay grupo de leitura. Tim não fica feliz, mas porque ele é bom e confiante, permite que ela vá. Oh, Tim.

SEM SINTONIA - Bette chega em casa e Tina não esperava por ela; ela veio do trabalho para casa para que pudessem passar algum tempo juntas. Mas Tina está a caminho para o ginásio. Ela dá em Bette beijo na bochecha e segue. Brrrr... Loucura, Tina esta surtada. Quando em sã consciência alguém ouve Bette (delicious) Potter dizer que saiu do trabalho mais cedo para passar mais tempo junto e escolhe ir a academia?! Exercício por exercício prefiro a mais vital das atividades físicas.

APÓS A LITERATURA - Jenny passa por uma noite maravilhosa; Marina também, e diz: "Uma ótima idéia essa de revesar". Marina, você realmente tem de fazer tudo parecer sexo? Ah, eu suponho que você faça: Você é sexy. Ela sugere que Jenny leia um dos seus contos na próxima vez. Jenny treme com a idéia, e Marina diz, "Você não tem que fazer nada que você não queira fazer”. Humm humm.


O GINÁSIO - Tina está nua na frente do espelho. A instrutora aparece e começa a olhar para ela. Dana estava completamente errada, aqueles não são "espetaculares seios", são assustadores silicone pesadelo. Tina corre, perguntando por que razão ela deixou Bette em casa sozinha.

TINA CUIDA DA BETTE - Tina cuida de Bette (Bette dorme com os óculos). Uauuuuu. Não posso deixar de gostar delas.


A manhã seguinte, elas falam em voltar a ver o terapeuta das estrelas. Tina já marcou uma consulta individual, que sorte a sua Bette. Não?!

RESTAURANTE HETERO - Com outros dois casais Tim e Jenny gracinhas vão a um restaurante. Oh, aparentemente as lésbicas vão a este lugar também. Tim vê Marina e Jenny olha como se tivesse visto Elvis. Marina sorri, sempre amável. Randy, o outro treinador de natação, diz: "Cara, que mulher quente. Ela realmente não parece ser gay." Ugh. A esposa de Randy diz que se ela fosse homossexual, ela iria com aquela que "parece uma rock star", que significa Shane virtuosa.Marina passa por eles para ir ao banheiro. Após cerca de dois segundos de espera, Jenny a segue. Oh, meu deus, pensei que ia ter mais sexo no banheiro. Em vez disso, Jenny quer saber por que razão Marina está lá. Para jantar, talvez? Humm. Então Jenny diz a Marina que ela gostaria de vê-la novamente, e vejam o modo como Marina puxa Jenny em direção a ela, mas Jenny diz que tem que ir. Suspiro.

INTIMIDADE - Jenny está escrevendo. Tim decide ler sobre o seu ombro. Ler os apontamentos de um escritor sobre o seu ombro! Nunca! Eiii, Jenny não gosta, e coloca o laptop em ângulos longe da curiosidade de Tim. Ele fica ofendido. Vá embora, Tim.

Ele vai, mas Jenny pede desculpa. Tim quer saber o que está acontecendo. Jenny diz algumas desculpas como se senti sobrecarregada, e que não sabe por que razão ela está em LA. Tim diz que ele não é o inimigo. Não é esse o problema, Tim: A coisa é que você não é a Marina.

Falando da Marina, o telefone toca, e é ela. Uma espantosa coincidência! Ela e Jenny organizam um jantar. Sim, um jantar. Ei, Jenny dá um monte de desculpas e comentários vazios, mas Tim não está nem ai, Eu acho que ele gosta de bandeiras vermelhas. Correr riscos, essas coisas.

CONSULTÓRIO DO TERAPEUTA II- Bette está novamente atrasada. Mas ela tem uma boa desculpa: Ela encontrou um doador. Tina não o conheceu, de modo que ela não aprecia a idéia, mas Bette está em plena modalidade: Comando automático. O terapeuta apenas senta lá e as vê como se fossem pingüins no zoológico.

SURPRESA - O potencial doador, Marcus, aparece. Ele é negro. Tina treme um pouco. Marcus diz: "Será que Bette não te disse que eu era negro?" Bem, não. Mas não acredito que a Tina realmente ficou assustada, porque: (a) Bette é biracial, e (b) Será que não discutiram a questão antes disso?

THE PLANET - Bette aparece procurando Tina, Alice diz algo como se que ela esta lá atrás.

Tina:Você me colocou numa posição fu.......a e desagradável. Como você pode não me dizer que Marcus Allenwood é negro?
Bette: Deus, eu. .. eu não sei. Acho que eu deveria ter... Eu só não achei que seria um problema usar um doador negro.
Tina: Não disse que não queremos um doador negro. Penso que deveríamos ter discutido isso.
Bette: Nós absolutamente discutimos isso Tina. Logo no início. Dissemos que, se viessem a ser mãe genética, que deveríamos considerar encontrar uma doador Afro-Americano. Dessa forma, a criança seria como nosso filho.
Tina: Mas eu não estava preparada.
Bette: Eu não entendo. Diferentemente de estar comprometida comigo para o resto da sua vida, o que mais você precisa fazer para se preparar?
Tina: Olhe para mim, Bette. Não me sinto qualificada para ser a mãe de uma criança Afro-americana. Eu não sei o que significa ser negro.
Bette: Eu acho que posso dar uma contribuição nesse departamento.
Tina: E nem se fala, em todo o resto, ter duas mães, é um monte de questões para colocar em uma criança.

Isso foi muito bom. Uma discussão bastante franca, e Jennifer Beals com rosto de quem teve o coração partido. Bom trabalho.

CONSULTÓRIO DO TERAPEUTA III - Bette e Tina tentando lidar com a conversa. Bette pensa que talvez isso represente que elas não estão preparadas para ter filhos juntas. Qual foi a sua primeira impressão?





ILUSÕES - Tim está lendo o que Jenny escreveu novamente, algo sobre revelação. Tim esta aparentemente muito impressionado, e diz que está orgulhoso de ter Jenny em sua vida. Você vai querer repensar isso, Tim. Você parece um bom rapaz, e talvez prefira uma mulher que não esteja interessada em ser de Marina. (Boa sorte com isso.)

NO CICLO - Bette encontra um bastão de teste de ovulação no lixo. Acho que não foi uma boa notícia. Ela caminha para fora da casa como um zumbi. Tina pergunta onde ela está indo; Bette diz "eu não sei”, entra no carro e dirige para longe.

CASA DE KIT - Oh, Kit tem uma casa! É aí que Bette procura conselhos sobre o fiasco do caso Marcus Allenwood, mas Kit dá uma espécie de sugestão que Bette não aceita. É como se Bette "passou" todos estes anos e não abraçou verdadeiramente sua ascendência.

Isto perturba Bette, naturalmente, de modo que ela tenta ir embora, mas Kit a segura e fala:

Kit: Há apenas uma coisa que transpassa todas as nossas realidades. Isto é o amor. É a ponte entre todas as nossas diferenças. E você tem tanto amor em sua vida. Por que você está tentando destruir a ponte que tem estabelecida? Sim, isso foi muito bom. Bette começa a chorar e Kit a ampara. De qualquer forma, agora estamos finalmente sabendo o que no episódio de hoje o "L" significa.
PALESTRA NO CAC - Bette está falando de pornografia e art. Existe um pênis na parede, diretamente atrás de sua cabeça. Tina está na platéia, o cara ao lado dela diz a ela que Bette é incrível e que elas são um belo casal. Tina fica surpresa, mas valorizada.

O LEITE (UM BAR) - Alice e Dana lamentam o andamento de seus namoros.

UM TERRAÇO - Jenny e Marina olham para as luzes da cidade, e as faíscas que estão voando entre elas. Elas se beijam... Ele é bastante elétrico, devo admitir.

O CONVITE – Um rapaz ainda está falando sobre como espantosas são Bette e Tina juntas, ele diz que elas estão "fucking sexy". Enquanto ele vai pegar bebidas, Bette tem uma idéia.





Bette: Eu tenho uma idéia. Pode ser louca.
Tina: O quê?
Bette: Eu sei que você está ovulando. Você acha que ele é atraente?
Tina: Ele é um bom artista?
Bette: Quem se importa?
Tina: O que acontece com Dan Foxworthy?
Bette: Oh, f..........e Dan Foxworthy. Esta é a nossa vida. Não precisamos de sua permissão para fazer o que acreditamos que é bom para nós.
Tina: E você está ok com ...? (achei Tina animada demais)
Bette: Eu quero ter um bebê com você. E se fizermos isso em conjunto, isso é o suficiente para que ele seja nosso filho.
Tina: Ok.
Bette: Sim?
Tina: É. Você tem certeza?
Bette: É


O TIPO - Dana decide que alguém é do seu tipo, porque ela não parece ter rodado muito... entendeu?! Shane quer saber o que há de errado com isso. Alice vê alguém que ela gosta e não tinha visto antes, e se pergunta se isso é possível.
Shane: Carne fresca.
Alice: Sangue novo.
Dana: Estalando.
Alice [à Dana, recriminando com a cabeça]: "Uh-uh".
CONVITE ACEITO - Oh Deus, foram elas que trouxeram o rapaz a casa e vão ter relações sexuais com ele. A sério? Imperdível?

A DONA DO PLANETA - Jenny e Marina estão transando, finalmente. Eles colocam Kinnie Starr tocando ao fundo. Marina... Assim, vamos apenas dizer que ela é dona do planeta. Suas mãos vão exatamente onde Jenny quer, em seguida, sua boca é toda ação, e estou satisfeita por que tenho esta gravação.

TRÊS É DEMAIS - Bette e Tina beijando enquanto o rapaz começa a tirar a roupa. Tina parece bastante incerta. Então, Bette olha com ciúmes quando o sujeito beija a Tina. Bette e Tina são boas de beijo. Em seguida, o garoto diz que quer fazer amor com Bette e ela faz com Tina e, evidentemente, isso não vai funcionar. Bette diz a ele como vai ser, e ele está disposto a seguir as instruções. Mas então ele sai com um preservativo, e claro que elas não querem que ele use, porque preferimos ter uma doença sexualmente transmissível. Bem, também podemos engravidar. Ele percebe o que está acontecendo e fica muito revoltado e vai embora. Ufa. Essa foi por pouco!

Posteriormente, Bette pergunta a Tina se ela ficou excitada com o rapaz. Não, diz Tina, e por meio de uma demonstração ela explica o que realmente a excita.



DEPOIS DO BAR - Alice e Dana concordam que nunca vão dormir juntas. Nunca. Nunca. Nuncaaaaaaaaaaa. Nunquinha.

O PERFUME - Jenny chega em casa, tipo silenciosa e, em seguida, gritos. Ora, não faz sentido ela se sentir culpada. hei! Você só teve relações sexuais com Marina, como é que isso pode não ser uma coisa boa? Mas ela vai para a cama com Tim, que diz que ela cheira diferente. Ela diz a ele que é um novo perfume, ele diz que gosta do antigo. Ah, Tim. Pobre rapaz.

O MAPA - Alice e Dana estão fumar erva e falam de quem dormiu com quem. Para Dana foram apenas 2. Uauuuu, tão lindo! Alice tira o mapa de todas as ligações e descobre que apenas quatro etapas para vincula-la a Dana. Elas decidem jogar este jogo com outros nomes, descobrimos que Alice dormiu com Bette, e que um grande número de pessoas conduzem a Shane.

OMFG 1 - Huuum. Será que eu mencionei que elas são ótimas beijando? Elas são bastante boas em outras coisas também. Elas estão numa cena que paralizou a muitos, realmente. Eu dou amém, e você?


ESPERANÇA - Shane anda pelo bairro a caminho de casa. Ela diz que Bette e Tina "fizeram sexo", e afirma que elas dão esperança, porque é bom saber que as pessoas que estão juntas há tanto tempo ainda podem ser tão felizes. Uiiii, por que razão é tão difícil de acreditar? De qualquer forma, acho que Shane tem o estilo de rock star, uma heroína chique. Entretanto, Bette e Tina estão terrivelmente lindinhas sentadas em frente da casa a sorrir.





DIA SEGUINTE - Tim serve um pequeno café da manhã a Jenny. A primeira coisa a acontecer é um anel. A face de Jenny diz: "Oh, merda".

O fim do começo!

Melhor Cena(s):

  • A cena de abertura do piloto com Bette e Tina na cama.
  • Definitivamente a cena de sexo de Tibette no Piloto!
  • Marina e Jenny tendo compatibilidade no jogo sobre literatura, muito sexy.
  • Beijo de Jenny e Marina no banheiro.

Melhor citação(s):
  • Bette - Você nunca notou que sempre quando Shane entra em uma sala, alguém se põe a chorar?
  • Tina - Oh meu deus, lésbicas querem se fundir!
  • Alice - Tão Gay!
  • Bette - Ela não fala sério. Supostamente, eu devo f......er você aqui mesmo?!
  • Bette - Vamos fazer um bebê."
  • Alice - Lésbicas pensam que amizade é outra palavra para preliminares.
  • Alice - Oh meu deus, é Yoda!

PRÓXIMA SEMANA NO RECAPS THE L WORD: Alice continua a trabalhar no mapa da lesboterra; Shane tem uma Ouro; Dana captura alguém com os olhos; ex de Alice quer voltar; Bette e Tina estão ainda sobre a questão do bebê; Jenny está parada entre um Rock e Marina.

2 comentários:

Shiva disse...

Ótimo trabalho. Amo o piloto.
Acrescento que nesse episódio, a Bette usa uma das roupas mais bonitas de todas as temporadas. Quando ela entra no The Planet chamada por Alice que estava preocupada com a Tina, que estava aborrecida com a questão do doador. Nossa ela está LINDA!!!!

Juliana disse...

Realmente o recaps é uma idéia muito legal e foi feito um ótimo trabalho. Espero que continue..
E o Blog está cada dia mais maravilhoso. PARABÉNS ;)

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved