Recaps The L Word Episódio 1x02 - Let's do it

| |
Boa noite queridas Lez Girls... quase que o resumo do episódio não sai hoje. Problemas técnicos com o PC. Em certos momentos ele parece ter vida própria. É claro que não discuto com essa teoria e inicio um apelo para os devas dos chips e slots para que os nervos se acalmem... Ah, chamo o personal técnico, este sim um personal indispensável. Mas o importante é que estamos no ar e colocando o Recaps do 1x02 Let´s do it disponível a todas vocês. Sei que muitas comunidades do Orkut estão fazendo uma recapitulação da série. Espero que este Recaps seja útil a vocês brasucas orkuteiras. Apreciem meninas mais um capitulo da 1ª temporada de The L Word.

Por Scribegrrrl do AfterEllen
e Euzinha mesmo



ESTA SEMANA O VOCABULÁRIO DE THE L WORD TEM:

  • Rejuvenescimento Vaginal: Você está brincando comigo?!
  • Gaydar: Aquilo que Dana não tem. Pobre Dana!
  • Centro do Universo: Isso seria Shane. Mas Marina ainda detém o Planeta.
  • A Salvo: Como ninguém quer estar, quando Marina aparece.


O PRELÚDIO - Alice está tentando vender a sua idéia de que com apenas "Seis degraus pode ligar qualquer Gay" a seu editor na revista. Ele não ficou impressionado, e ela tenta transformá-la em uma palavra L: "Estamos todos ligados, vê? Através de amor, através da solidão, através de um minúsculo lamentável lapso de juízo”. Ele está ainda cético, de modo que pede para ela fazer um artigo sobre rejuvenescimento vaginal. Huh?! Creio que não querem saber.

O BAIRRO - Tina está correndo. Ela pára, pensa e em seguida diz a si mesma: "Vamos fazê-lo”.



Ela chega em casa e diz a Bette que ela está pronta para fazer a inseminação. "Você e eu, esta noite, aqui em casa, sexo, com amor, sem médico, sem lâmpadas florescentes, nenhuma roupa de papel. Você deseja?" Bette fica confusa porque ela considerava que não havia qualquer esperma. Tina lembra a ela que têm o esperma de Marcus.


Tina: Eu não sei o que eu estava pensando. Não existe razão para não ter um bebê com você usando um doador negro. Eu acho...

Bette: Não ache. Gostaria muito de fazer um bebê com você. Em nossa casa. Em nossa cama. Apenas você e eu.


Bette aproxima-se de Tina e vai retirando o roupão dizendo "Basta você e eu”.Tina está entrando para o chuveiro; Bette já tomou banho, mas segue com Tina. Estas duas são ótimas juntas.


CASA DE TIM E JENNY - Jenny deseja falar com Tim, mas ele está atrasado para a prática de natação. Tim, se você fosse inteligente, você iria ficar debaixo d’água até que Jenny limpe todo o seu sistema de valores.

A CONQUISTA - Shane está deixando um apartamento pela manhã, e sendo observada, secretamente pela sua Ouro, Tammy Lynn Michaels, que a segue com binóculos. Sério, isso é completamente insano, vocês não acham?



REVIVA - Alice chega ao lugar do rejuvenescimento vaginal. A mulher por trás do balcão gira para atendê-la e descobrimos que ela é sua ex, Gabby (Guinevere Turner), que diz a ela para não fazer o rejuvenescimento vaginal porque o pós-operatório é, supostamente, um inferno. Bom, eu imagino. E após a leitura deste panorama, estou horrorizada com a idéia. Eu não acredito que falte uma "global arquitetônica integridade à vagina", mas mesmo que tivesse, não me colocaria sob laser para corrigi-la. Aparentemente você também pode obter um "design vaginoplástia a laser", se você simplesmente não for parecida com uma Playmate.

Gabby pede desculpas a Alice porque ela se comportou mal quando elas estavam namorando, e diz que ainda tem sentimentos por ela. Que tipo de sentimentos? Ela diz a Alice que ela parece ótima, e Alice derrete-se um pouco. Gabby pede a Alice para almoçarem juntas, insiste... Bem, o telefone toca e Gabby deixa Alice fora do gancho. Acompanhem atentamente o numero de lésbicas loucas neste episódio.

NO CLUBE DE CAMPO - Um garçom coloca um prato na frente da Dana. Ela diz que não está a fim. Ele explica que é uma espécie de presente de Lara Perkins, o soub-chef. Ela dá alguns olhares sobre o seu ombro: a sub-chef é muito lindinha, e parece um pouco tímida. Dana desfruta do presente com um sorriso no rosto.

CASA DE TIM E JENNY - Marina deixou uma mensagem: "Olá, Jenny. É Marina. Fiquei pensando em você”. Que droga! Marina é sexy. Jenny lê a sua história, por meio de uma voz-narrativa. Inclui palavras como "límpido", o que é muito pouco pretensioso para mim.


Jenny ainda está escrevendo. Ela imagina seu personagem principal no funeral; na dramatização, ela e Marina se encontram no funeral e começam a se tocar. Marina parece uma grande drag! De volta ao mundo real, Jenny segue ouvindo a mensagem da Marina algumas vezes mais. Sim, eu estou pensando que eu vou gravar esta mensagem e colocá-la em um CD para que ela possa despertar-me pela manhã. Vou pular direito para fora da cama!








THE PLANET - Shane está entrando no The Planet, e apenas é saudada pelos flashes da câmera: Ela, a Ouro Lacey, está ali para tomar a sua imagem e mostrar as suas "quatro palavras". É isso mesmo: "encontrou, sentiu, fudeu, e esqueceu”. Oh cara. Marina lança Lacey para fora do The Planet. Enquanto ela estava na calçada, vê a Jenny conduzindo o carro; ela começa um vago aceno, mas percebe que Jenny não está feliz em vê-la. Uma sombra de algo como dor atravessa a cara de Marina, isso é o que não deve acontecer. Mas como Jenny vai embora, Marina recupera sua fabulosa postura e volta ao The Planet.

Alice pergunta o que há com Jenny e Marina; Dana diz que pensou que Jenny era Hetero.

Alice: Dana, a maior parte das mulheres são hetero até que não sejam mais. E, em seguida, às vezes elas são gay até que não sejam mais.

Shane: É verdade, mas, há também os que nunca olham para trás, né? E você pode identificá-los a milhas de distância.

Dana: Como você pode dizer isso?

Alice: Você lê os sinais.

Dana: Esse é o meu problema.

Shane: Dana, não é um problema. Certo? A sexualidade flui. Seja você gay, hetro ou bissexual você simplesmente segue o fluxo.

Dana: Não, esse é o meu problema, ok. Eu não posso sentir o fluxo. Essa coisa, o que seja, eu não entendo.

Alice: Você não tem gaydar?

Dana: Não.


Alice está chocada com a possibilidade, então elas decidem testar a teoria, e pedem a Dana para avaliar uma mulher que está em pé no balcão. Perguntam o que ela parece e dana simplesmente nada. Continuam no jogo avaliando a mulher pelos sinais de orientação sexual (será?!) A mulher tem unhas longas ou curta? Se estas unhas estão feitas ou não... Com isso parece que a investigada é hetero, mas elas precisam de mais informações, de modo a que olham para os sapatos. Ela usa sandálias de salto; Alice pergunta a Dana se ela iria usar sandálias de salto alto com jeans de boca fina. "Sim?" Dana murmura. Mas não! Não! Claro que não! Oh, concordam?!. Elas, em seguida, discutem a "sous-chef" da Dana.


Shane: Dana, eu estou impressionada. Você está a fim de alguém, e quer saber se ela está ou não jogando.

Dana: Se ela joga?

Alice: Que se ela joga no nosso time. O time gay.
Dana: Espere, os bissexuais não têm a seu próprio time?



Heeiiii. Não, não é ridículo, porque, naturalmente bissexuais não devem sentir que têm de escolher um lado, mas é engraçado, porque Dana é uma gracinha. De qualquer forma, Alice e Shane decidem ajudar Dana a descobrir se o objeto de sua afeição irá opor-se a afetos. Alice revela que ela pôs o "Chart Gay" na Internet e que as pessoas estão adicionando outras. Shane não está feliz com esta idéia. Porque não, Shane? Você está caminhando para o estrelado!


CASA DE BETTE E TINA - Elas examinam a nova amostra de esperma e Tina começa a compará-la com a outra. Tina fala da diferença de cor e Bette diz que é devido à diferença de viscosidade (ela realmente entende disso). Mas em seguida diz a Tina para não falar nojeiras. Vamos, como ela poderia contribuir para isso? E então fazem um grande show de "honra" ao esperma. Bette e Tina beijam-se a caminho do quarto, com seringa, esperma e diafragma na mão. Vê-las juntas é realmente bom.




Segue um resumo deste momento bonito do casal lés mais badalado da TvLand. Eu sempre gostei destas cenas iniciais de Tina e Bette.

CASA DE ALICE - Shane observa que ela é o centro do universo no chart de Alice. Veja, é bom ser famosa! (O aspecto gráfico com o tipo de visual thesaurus, é uma coisa muito legal. Tente digitar "parafuso".) Alice fala a Dana e Shane sobre seu encontro com Gabby; elas recordam que Gabby a tratou como uma merda. Alice evita a conversa e pede a Dana o nome da "sopa-chef" - É como Dana refere-se a Lara, Alice e Shane a corrigem dizendo chef assistente. Dana é tão engraçada dizendo "sous-chef", como se ela não soubesse do termo francês. Dana! Por favor. Alice decide começar por Shane a busca.


Shane: Por que você deve fazer isso?
Alice: As possibilidades são... Se ela estiver com meninas, você sabe.
Shane: Olha, Dana? Não teria significado nada.
Dana: Ah, isso é reconfortante, obrigado.



Lara a sous-chef está longe de ser encontrada no chart. Oh, não! Um mal sinal não é?

CASA DE BETTE E TINA - Tina está com as pernas levantadas, ao ar literalmente. Sim, elas já tiveram relações sexuais. Elas estão tentando manter o esperma onde ele precisa estar. A campainha toca. É Alice, Dana e Shane - Elas não sabem como ajudar a Dana na sua agonia. Bette ficou incomodada porque elas interromperam, mas ela, como eu, pára ao ver a face lindinha de Dana.



Elas todas chegam no quarto. Alice pega a seringa e pergunta "O que é isso?". E prontamente lança os itens restantes em Dana, que procura não se colocar em pânico. Shane assinala que elas poderiam estar presenciando o momento da concepção, bem como se desculpa por isso. Bem, eu estou começando a ver, um pouco, a coisa da Shane.



Todas elas começam a discussão acerca do problema da Dana. Bette sugere verificar as unhas; mas isso não vai funcionar, porque Lara é um chef.


Tina: Que tipo de roupa ela usa?

Dana: Pois bem, ela usa uniforme branco. Às vezes ela usa um avental.

Bette: Bom, quanto à interação pessoal? Quer dizer, ela flerta? Ela faz contato visual?

Tina: Será que ela toca sua mão quando ela está falando com você?

Dana: Bem, eu realmente não falei com ela de perto ainda.

Alice: Qual é, vocês gritam por toda a sala?





Elas continuam o instrutivo interrogatório durante algum tempo, até que Bette finalmente decide ajudá-la: "Vamos implantar uma missão para verificar a disposição e intenção de uma Srta Lara Perkins". Ela fica absolutamente deliciosa quando afirma isto.



CLUBE DE CAMPO – O agente de Dana entra de surpresa no seu vestiário. Ele diz que um representante da Subaru vai estar lá no próximo dia a observá-la treinar. Dana fica muito feliz, mas assim que o agente sai, ela deita no banco do vestiário preocupada e um pouco oprimida. A sous-chef chega para mudar sua jaqueta de trabalho suja; vê Dana no banco e pergunta a ela se ela está bem.


Dana: Humm, estou bem! Eu estou bem. Esse era o meu agente. Ele apenas me disse que a Subaru pode usar-me em uma campanha publicitária. Então, eles vão assistir meu treino amanhã, o que é bacana".

Lara: É tão emocionante!

Dana: Sim, é... Quer dizer, você sabe: Não posso errar.

Lara: Tenho certeza de que não vai. Humm ... você pode virar-se agora. Minha jaqueta esta fechada agora. Meu trabalho é tão confuso. Tenho que mudar a roupa como que três vezes por dia

Dana: É? Você sempre tem uma aparência agradável quando vejo você. Quer dizer, eu quero dizer, você nunca tem a aparência de suja. Quando vejo você ... Eu vou. Eu tenho de ir.

Lara: Ouça, porque não chega mais tarde aqui? Vou enviar alguma coisa para você.

Dana: Tudo bem. Sim.

Lara: Ótimo.

Dana: Obrigado.


Dana é tão atrapalhada com toda a coisa. Ela ainda deixa sua mochila para trás e tem que voltar para buscar. Elas estão maravilhosas.


THE PLANET
- Alice está sentada no hall do restaurante e... Onde está Gabby? Eu vou atrás dela. Ah, aí está ela. Ela diz que sente muito, e Alice diz, "Sei, sei, você realmente sente”. Ha ha! Alice diz que tem que ir porque suas amigas estão esperando. Gabby pergunta se suas amigas lhe dizem tudo o que ela tem de fazer.


O CLUBE DE CAMPO - Quantas lésbicas pode caber em um Mini-Cooper? Quatro aparentemente. Trata-se de uma cena hilariante: Bette, Tina, Alice, e Shane infiltradas no clube em ação de espionagem sobre a sous-chef. A música é ótima, e os Charlie's Angels reúnem-se com o inspetor Gadget. Tudo é fabuloso.



Shane senta com Dana e identifica o alvo; ela passa o processo para a sua colega agente via celular. É impossível fazer jus a cena neste relato de impressões. É um momento inteligente! Toda vez que eu acho que vai acontecer uma fala estúpida, alguém faz algo engraçado.



Elas olham os sapatos de Lara: "sapatos de cozinha, neutro", em seguida os brincos: "Oops, difícil de ler", em seguida ao se detectar que Lara olha para trás, Bette e Tina iniciam um verdadeiro beijo. E é um ótimo beijo! Alguns outros clientes parecem irritados, mas Lara não reage de maneira alguma. Elas de repente abortam a missão, e Dana olha para elas com uma hilariante mistura de confusão e preocupação no seu rosto. Erin Daniels, você está definitivamente um gênio da comedia neste grupo.


As espiãs se agruparam no banheiro. Não existe nenhuma resposta clara; Bette observa que Lara "pegou alguns bons pontos lés na sua caminhada e a forma como ela faz o corte com a faca". O resultado final é que "nove na coluna lés" e "apenas sete na hetero", mas a margem de erro é mais ou menos cinco pontos percentuais. Uauuu, ha ha! Elas decidem enviar a arma secreta.


Shane vai até o alvo - Humm, como é que se chama isso? Abodagem, pode ser?! Seja como for, ela começa a atacar a Lara. Eu já amo Lara. não preciso muito mais. o fato de que ela é cuidadosamente inexpressiva ante o ataque de Shane - Bem, isso lhe dá pontos principalmente no meu livro.


As agentes dizem a Dana que tudo não parece muito bom. Bem, talvez Lara possa ser "um tipo diferente de lésbica". Não seja idiota - Estamos todas exatamente como vocês cinco! É por isso que nós amamos este show: Porque é como olhar para um espelho. Eu nem sequer posso contar o número de vezes que eu joguei como espião em clubes locais a fim de saber o que rola com alguém. Falando em alguém, Lacey passa dirigindo pelo clube enquanto nossas heroínas caminham para o seu automóvel. Shane fica nervosa. Eu pensei que ela estava muito tranqüila com isso. E eu ri. Vídeo com tudo dito, apenas para fixar na retina de vocês.


THE PLANET - Bette que está vestindo uma camiseta branca novamente. Olhem para os braços! Alice aplaude a Bette e Tina pelos seus planos de "vanguarda" gay. "Criança com mães lésbicas, biracial ...". Heii, isto é a nossa meta. Shane acrescenta que Tim está lá.


Alice: Vocês pensam que ele sabe?

Bette: Sabe o quê?
Alice: Sua namorada fazendo com a Marina.
Bette: Isso é ridículo.
Alice: Tudo bem. Tudo bem. Eu apenas repito o que ouço.
Bette: Marina lhe disse?
Shane: Marina não lhe disse coisa alguma.
Alice: É o que Marina não me contou. Você sabe?
Bette: Por que é tão importante para você acreditar que todo mundo está dormindo com todo mundo?
Alice: Porque eles estão.
Bette: Não, isso é só sua fantasia. Aqui está uma idéia verdadeiramente radical para que você admirar: Monogamia não é apenas hipotética. Algumas pessoas realmente a exercem.


No balcão, Tim acaba convidando para o jantar a Marina. Marina educadamente tenta declinar, mas ele insiste. Marina diz, "Eu vejo o que a Jenny vê em você", e eu também, mas eu não consigo ver o que você vê em Jenny.


O CLUBE - Dana está jogando para as pessoas da Subaru. o jogo de tênis da Dana's parece bastante bom; assim, a maioria. Ela também pode ser uma campeã de Wimbledon! (Leia a entrevista em Erin Daniels em AfterEllen.com para saber mais sobre o treinamento de tênis).


CASA DE TIM E JENNY - Bette, Tina, e Marina chegam juntas. Tim faz um comentário sobre como elas estão bonitas. Ele apresenta a todos.


O CLUBE - O agente de Dana diz a ela que a Subaru a ama. Aê! isto é muito engraçado, considerando que a Martina Navratilova já obteve um acordo com a Subaru antes. De qualquer forma, Dana fica bastante animada, e eu amo tanto o que a Subaru faz.


CASA DE TIM E JENNY - Jenny bate na sua própria porta. Então, ela se sente como um estranho em sua própria casa? Porquê, pergunto-me? Ela vê Marina e parece que ela vai explodir.


Enquanto ela se veste, Jenny questiona porque Tim convidou Marina. Ele fica confuso, como é habitual. Jenny tira seu sutiã e coloca uma blusa branca; ela afirma que não gostou porque Marina tem "esta forma de atuar como sabe tudo". Isso porque ela é dona do planeta. Tim diz a ela para apenas "cumprimentá-la, beijá-la, ou o que quer que vocês mulheres façam”. Ha ha! Oh, Tim.


O LEITE, PENSO - Kit como DJ. ela atua em todos os bares gays? Aparentemente é a noite do karaokê e alguém cantará "Baby Got Back" do Sir Mix-A-Lot's. Você sabe, aquela música em que Cameron Dias remexe seu traseiro no primeiro filme de Charlie's Angels. Alice notou que Gabby estava lá. Shane não quer ouvi falar dela; ela recebe a idéia de Alice e Gabby voltarem como um homicídio. Pergunto-me se Shane gostaria da idéia de Alice namorar comigo?



CASA DE TIM E JENNY - Marina diz a esposa de Randy Jackson que ela se parece com uma pintura renascentista. É, admita Sra. Jackson, você está sentindo o efeito de Marina também. Tudo bem, isso é ok. A única pessoa que está imune é Kit, e não porque ela não é gay, porque ela é a única que é realmente mais bacana do que Marina. Jenny, a propósito, não ficou feliz com o elogio da Marina. Ha ha! Então Tim e Jenny anunciam o seu noivado, e penso que Bette é a única que está feliz, porque ela é a capitã da monogamia.


O LEITE - Gabby encontra Alice, que finge esta ocupada. Kit interrompe e pergunta se alguém viu Bette ou Tina; Alice explica que elas tinham um jantar. Kit parece perturbada. Oh, supõe-se que sua irmã deveria está ali para apoiá-la? Sei o que vão dizer: às vezes irmãs são um saco. Gabby se parece com algum tipo de vampiro, e ela parece aborrecida com o que Alice está dizendo, quem poderia se aborrecer com Alice? E quando ela vai embora, Alice a observa.


COZINHA DE TIM E JENNY - Marina pede um copo. E, em seguida, ela pede para ver o anel de Jenny. Jenny o mostra; Marina toca o dedo de Jenny, e Jenny começa a chorar. Eu compreendo a profundidade desse tipo de coisa. Ela realmente tem amor por Tim, e ao mesmo tempo, vê-se confrontada com a força que é Marina, que é uma situação foda para qualquer um.


Marina pergunta a Jenny se ela está feliz. Jenny diz, "Não me pergunte isso", e Bette interrompe. Marina sai; Bette aproxima-se e Jenny cai por terra. Jenny afirma que não esta realmente acostumada a essas emoções. Significa paixão? O anel? Amor? Sendo gay? Não importa, Bette sente-se tocada pela situação, o que mais se esperava da Rainha da Monogamia.


O BANHEIRO - Marina esta lavando suas mãos quando a Rainha da Monogamia bate à porta.


Bette: O que você está fazendo?
Marina: O que você está falando?
Bette: Sei que não é o meu papel julgá-la, Marina, e não sei o que está acontecendo com você e Jenny, mas penso que isso é errado.
Marina: Lamento que você sinta dessa maneira. Porém, não creio que tenha feito alguma coisa errada.


Bette abaixa a cabeça e sai. Marina parece um pouco incerta. O resto das pessoas da festa estão jogando um jogo: O que você faria se você tivesse um dia para viver? Jenny afirma que ela iria escrever; Marina diz que ela iria saborear um rum em uma praia e leria Borges; Tim diz que ele estaria com Marina já que Jenny estaria escrevendo. Bette diz a Tina que precisa ir, então Tina dá as suas desculpas como uma esposa temente.


Em sua saída, Bette explica por que ela estava irritada. Tina pergunta porque ela está fazendo julgamento; Bette responde que Tina está sendo blasé. Elas continuam a sua argumentação no interior da casa, onde Kit prontamente interrompe. Kit! Esperando por elas. Bette pergunta porque ela sempre entra sem pedir?


Tina tenta ir para a cama, mas Kit tem algo a dizer para ambas. É uma coisa de 12 passos. Bette não fica feliz e vai para o quarto. Kit tenta falar com ela através da porta do quarto; Kit é crua, honesta, sincera e maravilhosa. Tina lembra a Bette que não é fácil para Kit, e Bette começa a amenizar, mas não é suficiente. Kit sai.



O VESTIÁRIO DO CLUBE - Lara está fechando seu armário e está prestes sair. Dana chega do chuveiro. Lara pergunta se conseguiu o lance da Subaru. Dana diz que sim, ela conseguiu, e Lara fica sinceramente feliz por ela.


Lara: Isso é fantástico, Eu sabia que você ia. Pois bem, eles têm muita sorte por ter você.
Dana: Oh, obrigado.
Lara: Bem, uma boa noite.
Dana: Boa Noite.


Dana em frente a seu armário; ela estava preste a abri-lo quando Lara volta. Lara empurra Dana contra os armários e detém o seu olhar, e em seguida a beija, por duas vezes, suavemente e cheia de promessas. "Pro caso de você ainda estar em duvida” e vai embora. Dana fica um momento paralisada e em seguida sorri feliz. Não me interessa o que mais acontece neste episódio: Esse foi um dos mais doces beijos que já vi.


O LEITE - Alice diz a Gabby que gosta das botas dela. Gabby a puxa, e talvez o beijo não seja tão doce como o beijo da Lara/Dana. Agora alguém vem em Shane, perguntando a ela se esta com alguém. Ela diz que não. Aparece a câmara de Lacey, aka Tammy Lynne, que está vestindo uma camiseta "Corajoso e Louco". Ei, é o meu favorito álbum da Etheridge. Lacey está tentando publicamente envergonhar Shane, e ela está conseguindo. Tammy Lynne está hilariante. Pobre Shane!



CASA DE BETTE E TINA - Tina diz a Bette que ela esta certa em ter essas fortes convicções, isso faz com que ela seja quem é. A destaca, e que ela a ama por isso. Eu digo amém.

CASA DE TIM E JENNY - Marina ainda é encantadora com todos. Ela fala francês para a mulher que se parece com uma pintura renascentista. Ela dá um beijinho na bochecha de Jenny e sai. Depois que ela saiu, Randy Jackson pergunta "Quem se apaixonou por essa mulher?" E todos dizem que sim à exceção de Jenny. Sim, você é uma grande mentirosa. Ou, hum... uma mentirosa magrinha e absolutamente talentosa.



PRÓXIMA SEMANA NO RECAPS THE L WORD: Jenny fala sobre mentiras e sentimentos seguros; Dana prossegue com a sous-chef; Alice não pode resistir a Gabby; Bette se aproxima de uma mulher que sabe como usar o naipe do poder; A Ouro de Shane se rende.

1 comentários:

Bettina disse...

Olá, gostei demais de seu blog, muito bem organizado. Os recaps estão me fazendo recordar boas sensações que eu já havia esquecido.
Se me permite uma sugestão...você poderia deixar suas próprias impressões sobre cada episódio ao invés de traduzir a Scribe girl.
Como você, também preferia a abertura da 1ª temporada. Com a música da Marianne Faithfull.

Beijos

Bettina

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved