Com a Palavra: Hipólita

| |

"Eu peço pra dormir, não consigo

Desejo que me consome e que me leva a confusão

Mistura louca do que é incerto, porém mais certo não poderia ser.

Estranho dizer, de clara falta de lucidez, ou doce loucura

Atingida de maneira leve ao externo, mas brutalmente abatida por dentro.

Descontrole mental que ao que tudo indica não tem cura...

Maravilha de loucura... Quero mais continuar nessa condição."


Soa meio masoquista não?! Sofrer, sofrer... Mas não é assim não! rsrs... Isso acontece nas melhores famílias. Todo mundo já se perdeu em outro alguém. Já se perdeu em si mesmo... Ai que maravilha!

O que me questiono é a que ponto tudo isso chega, não. Porque tudo tem seu ponto de partida e de chegada... O que somos capazes de fazer pra saciar ao impulso pré-histórico do desejo?!

Como pode, no auge da evolução humana, nos enfraquecermos tão facilmente por sentimentos tão incompreendidos... Primitivos.

DESEJO... Algo que não trabalha sozinho, ele costuma vir com a paixão, com o amor, com a obstinação... Bom, não importa, pra se levantar da cama é preciso ter esse desejo.

Mas o desejo que trato nesse singelo post (singelo porque ainda estou na fase de falta de concentração, e não sei quando ela voltar), é aquele desejo ardente, incontrolável, que nos leva a pensar nas loucuras que estamos fazendo... Mas já me disseram que pensar demais não faz bem, então... Melhor não pensar, e só fazer as loucuras, elas sempre valem a pena! (não estou me reconhecendo!)

E sem dúvida quando se deseja muito ( papo de Xuxa isso!)... Você com certeza consegue realizar o seu desejo.

Mas... Tirando o papo filosófico, o desejo do corpo costuma nos descontrolar, nos tirar o sono, e nos mantém num estado poucas vezes normal... E a maior das loucuras é que isso é ótimo!

Têm noção do que eu estou falando? É um descontrole maravilhoso. É ótima a sensação. É o que muitos procuram. É sair do poço e DESEJAR mais insanidade! (me senti o Coringa falando!)... DESEJO que é físico e sentimental, já que para nós mulheres nada é só físico, e tudo se move pelos sentimentos.

Por fim devo dizer que nós nascemos pra enlouquecer por alguma coisa: Por nossas famílias, por nossos ideais, por nossos sonhos, por nossos DESEJOS... E mais ainda por nossos SENTIMENTOS!

E admitam, não há nada melhor, pois quando não temos isso sentimos falta. Sempre procuramos algo pra sentir... Faz parte de ser mulher. E é por isso que eu adoro ser mulher!

2 comentários:

Peh Noir disse...

Querida Hipólita ... Deve ser uma luta frequante para uma amazona se perceber assim... Perdida na Lascividade...

... Como vc mesma disse: ACONTECE NAS MELHORES FAMÍLIAS.

Meu conselho... Deite e Role... Se lambuze... Atue como o louco da carta do tarô... Risos... Depois me conte... Adoro mulheres perdidas.

Carol Sá disse...

Faz tempo que não consigo tempo pra vir aqui!
E ainda estou sem conseguir colocar a leitura em dia... Mas este teu texto ficou muito bom! Sério!
Mas uma coisa... assim, eu não discordo totalmente mas diria que o impulso pré-histórico estaria mais para "instinto de sobrevivência" de continuidade da espécie. Acredito que o "desejo" dessa forma como vc falou tão bem, é algo um pouco mais recente. Mas é só uma opinião particular... Posso estar falando besteira tb!rsrs
De qq forma... adorei o texto, parabéns!

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved