Recaps The L Word Episódio 1x07 - L'Ennui

| |
Olá Lez Girls... Cumprimos, com este RECAPS... A metade de nossa jornada na primeira temporada de THE L WORD. É um capítulo que aponta com clareza as dúvidas e os dramas de nossas heroínas... Tenho a certeza que muito do que está contido neste L'Ennui... Vocês receberão como um espelho refletindo suas escolhas pessoais.

Falando em escolhas pessoais... Minhas leitoras queridas... Esta semana é uma semana obscura... Por que infelizmente a menina prodígio, que tanto elevou a qualidade deste bloglicious, partiu.

Seguiu em frente... E refletindo este acontecimento percebo
(novamente) como relações demandam energia e cuidado. Mas confiança (em si mesmas primeiro) é essencial. Estou de banzo... mais Noir que Peh...

Tenho uma frase que servirá para algumas de vocês... E evidentemente serve a mim também... De diversas maneiras... Então é essa a frase:
Quanto mais talentosa a mulher ... Mais indócil ela é.

Mas deixando este RÉQUIEM tocar até sua exaustão... Sei que passará.

No mais... Dedico a vocês queridas
Lez Girls, que terão que se contentar com minha insólita e lasciva companhia em apresentação solo... O trabalhoso e belo Recaps do 1x07 L´Ennui.


Por Scribegrrrl do AfterEllen
e Euzinha mesmo


Lolita Dovidovitch as Francesca
Kit's son Tina and Bette Subaru's coming-out ad for Dana


ESTA SEMANA O VOCABULÁRIO DE THE L WORD TEM:
  • Enfadando: Está nos olhos do observador.
  • O que conta como sexo: Também está nos olhos do observador, especialmente quando muitas pessoas estão assistindo.
  • Espírito: Fluindo em todas as direções erradas.
  • TIT: A prova de que Shane é (ou pensa que ela é) a mais bacana de todo o mundo.
  • Sair e Ficar fora: O que várias pessoas fazem, de vários modos diferentes.
  • Reiki: É melhor do que a outra coisa que Lisa tem em mente.
  • Passo Largo: Exatamente a forma como este show pode estar seguindo... Finalmente

CONVIDADOS-LÉS DA SEMANA: Devon Gummersall ainda como Lisa o Homem Lésbica-identificado; e Lolita Davidovich a descolada e assumida da Marina.

O PRELÚDIO - Fitas! Ah, bom... As meninas gostam de fitas e laços, e afinal de contas, este é um show sobre meninas. Oh, e olhem... Nós estamos em Roma. É tudo tão romântico e dramático! Humm, Tem Lolita Davidovich: Sim, ela realmente é romântica e dramática. São muitas surpresas para todos (especialmente comparando com o pesadelo do prelúdio da última semana). Este pequeno filme de projeto escolar não chupa... Definitivamente nada. É uma apresentação principalmente visual, mas aqui está o informe: Lolita Davidovich é uma costureira com uma cliente adorável que veio a ela para um ajuste. Sra. Davidovich conta a história do Gift of the Magi para a cliente, e ocasionalmente fala italiano, tudo enquanto continua a fazer ajustes, que lhe exige um tal de "fixe isto aqui e toque abaixo de"... Sim! Há algumas carícias lentas, sensuais e alguns suspiros curtos, afiados, e todo mundo segue feliz. Até mesmo as espectadoras.

O CABELO DE MARINA - Marina está cantando em espanhol enquanto penteai os cabelos para cima e os prende com um pente estilo espanhol adorável. Oh, pegou isso? Nós temos a referência do prelúdio. Havia pentes, presentes em Gift of the Magi. Ahh! De nenhum modo isso teria feito sentido mais tarde no show. Coisa boa eles associá-lo agora, antes do babado começar.

A CASA DE TIM - Tim está arrastando uma mochila. Oops, não! É um saco de lixo cheio com as roupas de Jenny. Mas ei... O saco não deve pesar muito, provavelmente menos do que se estivesse com o corpo de Jenny de fato nele. Bem, no entanto o corpo dela está à porta, e está parecendo bastante sujo.

Jenny inicia sua fala contando sobre sua experiência ao conhecer as crianças estranhas, e sobre uma suposta escalada de montanha. Tim fica perplexo... E conta para Jenny que recebeu a carta dela, e que ele nunca quis que ela se estripasse; ele apenas esperava que ela fosse honesta. Ela acena com a cabeça e lhe dá um presente: Uma corrente para o cronômetro dele. Espere, o que era aquela história que nós estávamos falando antes? A com os pentes? Tem algo a ver com o relógio? Não importa, ninguém pensa enquanto está assistindo televisão. De qualquer maneira, claro que Tim quebrou o cronômetro dele "naquele dia".

Ele pede para Jenny que confirme que "naquele dia" realmente foi o primeiro dia com Marina. Ela diz que sim. Ele, vigorosamente, fala para ela sair da casa. Ei, Jenny? Mentindo quando se tem uma segunda chance para ser honesta... Olhe, isso é estúpido demais até mesmo para você.

THE PLANET - Marina está parecendo realmente contente com o seu cabelo e com o The Planet. Alice e Dana revelam a ela que Shane conheceu a minúscula Madonna na festa de Harry (o quero ser seu doce-papai). "Então, ela a quis? " pergunta Alice... Shane lhe dá um olhar meio que: "o que você pensa? " e então revela que fará o cabelo de Madonna semana que vem (mesmo?! A Madonna Mia?!... Prendam a Shane agora!!!) e aquele Harry lhe emprestou o iate dele durante um dia... É claro que ela fará uma festa. Este episódio é chamado "L'Ennui" porque Shane vai me entediar até a morte.

Bette e Tina chegam. Shane pergunta para Tina como ela está. A Alice e Dana dão para Shane alguns olhares que parecem dizer "por que você teve que lhe perguntou isso?” Tina inicia uma hilariante e detalhada descrição dos hormônios dela, da azia, dos enjôos e das varises; Bette sorri e acompanha tudo como uma boa e perfeita Rainha da Monogamia. Dana, Alice e Shane terminam apenas olhando e babando...

Veja, realmente é uma coisa boa nós sairmos um pouco das referências literárias. Tina e Bette contam a todas sobre a "cerimônia da corrente espiritual", onde elas celebram o dia em que a alma do bebê entra em seu corpo. É uma coisa de ioga... Bem, uma coisa de ioga extrema! Eu sei da saudação do sol... Da parte do cachorro para cima e para abaixo, e até mesmo o arco parado, mas esta é a primeira vez que ouvi falar de uma "cerimônia da corrente espiritual". Obviamente meu conhecimento de ioga não é totalmente erudito. De qualquer maneira, Alice, Dana, e Shane fingem ficar excitadas (como eu) com a aula de ioga e com o convite para a cerimônia.

A CERIMÔNIA DA CORRENTE ESPIRITUAL - Há algumas pessoas cantando, cantando, enquanto Alice, Dana e Shane não estão desfrutando... Mas eu não me preocupo, porque há a nossa Kit, embalando a musica celestial... Parecendo toda atraente. É difícil não ficar interessada. Ela tenta balançar com a canção. Kit! Namastê!

THE PLANET - Marina ainda está feliz com aquele pente no cabelo, quando ela vê Jenny desleixada, que a encara de uma mesa no canto. Jenny diz, "Eu sei que você não quer falar comigo depois do que eu disse a você", e a Marina diz esta grande coisa: "Do que você precisa, Jenny?” Jenny precisa de um banho, e um pouco de compreensão, e a Marina concorda em prover ambos relutantemente, mas não antes de mostrar para Jenny o que Tim fez quando ele veio provar o quanto ele a ama.

APÓS A CERIMÔNIA - Shane está contando para todas como a sua festa será grande. Ela diz que terá muita bebida, empregadas bonitas (TITness=muitos seios) e muito sexo. Certo, Shane semana passada era a "melhor", esta semana é a "delícia", e que tal na semana que vem você tentar "a com conteúdo"?

Bette diz que o "tit"-ness é a razão que ela e Tina não irão para a festa. Tina começa vagueando novamente sobre como ela está aninhando. Bette parece feliz com tudo; Ela e Tina caminham de mãos dadas. A Alice diz que "está tão desesperada". A Alice, Dana e Shane concordam em fazer algo sobre o desespero.

A BANHEIRA DE MARINA - Há algum tipo de... humm, é uma peruca ou algo flutuando na água. De repente move-se... Oh, é Jenny! Eu não pude ver a pele e ossos presos ao cabelo.

CASA DE TINA E BETTE - Shane, Alice, e Dana vão executar uma intervenção na casa do nosso casal maravilha. Elas informam a Bette e Tina suavemente que o assunto da fabricação do bebê as transformaram em chatas... Enfadonhas. Alice está adorável com os óculos e clipboard. As interventoras prepararam uma lista de incidentes de enfado, como também um teste de múltipla escolha que ajudará Bette e Tina a fazer uma ego-avaliação. Erin Daniels exibe aos presentes sua veia cômica novamente. São acusadas, Bette e Tina, de várias coisas terríveis, como usar pantufas... Ai, ai, ai!!!

O ESCRITÓRIO DO AGENTE DE DANA - O Agente Asno de Dana revela que há um cláusula sobre estilo de vida no contrato dela com a Subaru... Então ela terá que ter cuidado sobre a imagem dela. Dana pergunta por Martina... Finalmente! Mas o Agente Asno diz que não, ela é diferente: Martina é uma super-estrela, então é claro que é permitido a ela estar fora... Entendem isso?! Por outro lado, Dana tem que agarrar a Anna Kournikova enquanto ela puder... Por que o relógio está rodando (tic tac). Deus, este sujeito é realmente um Asno!
Conrad o Agente Asno: Seus dias de Anna Kournikova estão contados.
Dana: Foda-se, Conrad.
COAA: Ei, é um conselho. Oh, relaxa Fairbanks, qual é! Você pode ser uma lés quando você se aposentar. Mas agora mesmo, você é uma atleta sexy que curte homens e que terá uma conta bancária gorda. Tudo o que você tem que fazer é sorrir para as câmaras. Capiche?
Não, ela não capiche. Ou pelo menos ela não quer.

A FESTA NO IATE - Bette e Tina são as primeiras a chegar. Elas riem de como chatas elas são, e então desfrutam da luz calma na água que é suplantada rapidamente por uma mudança de cena: Nós temos à frente do iate tudo o que Shane prometeu... A música é alta, as mulheres têm calor, e todo mundo bêbado e/ou chapado. Shane na banheira quente, ficando nua com qualquer uma que tenha vontade de se unir a ela. Alice vê Bette e Tina que estão de pé à proa do iate e as lembra que elas são chatíssimas... Assim elas começam a dançar. Sim, talvez elas sejam enfadonhas, mas elas também são amáveis e atraentes.

UM RESTAURANTE - Lara parece ser a coisa que faz Dana se ruborizar em público:
Lara: Você ainda não me falou o que você considera como sexo?
Dana: Eu não sei; ter um orgasmo?
Lara: Bem, se isso fosse o caso significaria que milhares de mulheres que estão casadas, têm filhos nunca tiveram sexo... Mas de qualquer modo, você e eu definitivamente tivemos sexo. Você é tão sensual, Dana... Você me faz gozar tão forte. [Dana elimina a tentativa de Lara para a beijar]
Lara: O que foi? Eu o ofendi ou algo assim?
Dana: Não, tudo bem. [ela elimina outra tentativa de beijo]
Lara: Dana, qual é?
Dana: Eu só... Eu preciso que você pare.
Lara: Parar o quê?
Dana: Me tocar. Me beijar. Eu não posso fazer isto, está bem? Eu não estou pronta para tudo isso!
Lara: Eu não acredito. Eu nunca conheci alguém mais preparada em toda a minha vida.
Dana: Eu sei, eu sou gay. E quando eu escondo isso, eu escondo a melhor parte de mim. Mas você não entende o que é estar na minha pele. Meu relógio está fazendo tic-tac, Lara; e você quer fazer sexo na rua.
Lara: O que?
Dana: E eu não quero desfilar por aí, mostrar a nossa relação a todo o mundo. Eu não sou como você! Eu me importo com o que eles pensam.
Lara: Olhe, isto é sobre a campanha publicitária? Seu agente assustou você?
Dana: Não posso é ser julgada por você todo o tempo. Você é uma pessoa melhor que eu, e toda vez que olho para você lembro-me disso.
Lara: Eu sinto muito. Eu tenho posto muita pressão em você, e eu estou indo muito rápido. Talvez pudéssemos...
Dana: Não.
Lara: Não?
Dana: Eu só... Eu não posso... Esta bem! Esqueça. Eu não posso. Isto é muito difícil. Eu não quero estar com você!
Sim, eu digitei a coisa inteira, mas isso é tudo de Dana/Lara que nós teremos neste episódio, assim parecia valer o esforço. Dana caminha para fora, enquanto deixa Lara de pé lá no restaurante. Lara, a persiga! Não, não faça: Ela está se rendendo muito facilmente e você merece alguém melhor. Mas não, vocês juntas são tão atraentes! E elas são... humm, de qualquer maneira todos nós sabiamos o que ia acontecer, mas... Isto é muito duro, não é?!

A FESTA DE IATE - A Lisa, o Sujeito Lésbico, quer saber se a Alice o sentia "enviando o reiki" para ela às 9:15 na noite anterior. Alice, ele daqui a pouco estará tentando entrar em suas calças. Bette e Tina estão rindo, rodando os olhos e fazendo inúmeros movimentos no fundo. Ha ha ha!

Dana aparece; Shane pergunta onde a mulher dela está. Dana evita a pergunta e pega uma taça de vinho. Inferno, Dana!

No andar de baixo (bem, não sei como é chamado isso em um navio, alguém?) Lisa, o Homem Lésbica-identificado, convence Alice a tirar a camisa.

Enquanto isso, Bette, Shane, e Dana estão fazendo tiros de tequila (Porradinha, conhecem?!) lambendo o sal na boca de seus respectivos afetos. Bette lança um dos tiros, sabiamente,sob o ombro... Percebam... Não o sal, ok.

A Marina e Jenny aparecem e começam imediatamente a dançar. Humm. Jenny parece feliz. E limpa.

A Lisa e Alice estão agora "despidas". A Lisa diz "espera" e arranca isto... Um dildo! A Alice ri e diz que eles não precisam dele porque ele tem "a coisa real". Mas a Lisa diz que a coisa real vai contra quem ela é, e não é como ela quer fazer amor com ela. Alice diz, "Escute, você é um homem. Você é um homem nomeado de Lisa, mas você definitivamente é um homem". Isso é certo. Alice, você mostrou para ele como você é inteligente! Oh, mas não muito inteligente, porque você faz sexo de qualquer maneira com ele.

Tina está assistindo Dana baixando um tipo de ego ruim (êta!!). Bette traz um pouco de chá para ela; Tina confessa então que ela é viciada na domesticação, assim ela e Bette vão embora furtivamente. Bette diz: "Aqui, rápido, desliza debaixo de minha capa entediante e ninguém notará quando nós tivermos ido". Veja, elas são amáveis e atraentes.

Marina e Jenny ainda estão dançando, e embora seja dificil admitir isto, é sensual... Muito sensual!

Shane está cheirando algo novamente. Oh, ela vai desenvolver um hábito com isso? Deus!

Dana está enlouquecendo completamente... Digamos soltando os cachorros... Entendem?! Dana, Dana, Dana. Que inferno você está pensando? Você deveria estar à porta de Lara implorando-lhe perdão.

A CASA DE TINA E BETTE - Bette cuida de Tina; Tina fala o quanto ela é excitante, mas Bette não parece muito segura disso. Certo, agora é uma boa hora para mencionar que eu vi Flashdance (sim, eu vi!), e a única semelhança entre esta Jennifer Beals e aquela Jennifer Beals... Tirando a gostosura geral... É o soulful, o olhar triste que ela às vezes adquire. Bette, já que a Alice está interessada em homens lésbico-identificados e Dana está apavorada com tudo; você quer sair comigo? Oh, é verdade, você não pode... Você é a Rainha de Monogamia, Matrimônio e Domesticação.

MANHÃ NO IATE - Dana, e a Alice desejam saber onde Bette e Tina foram, e então decidem que Bette e Tina ainda são um pouco enfadonhas.
Shane: Eu não sei. Sabe, tenho pensado nisto... No que é mais chato? Você faz listas infinitas. Você pode gritar e vomitar em todo o barco, ou você pode ir para casa e dormir com a mesma pessoa que você ama a sete anos. Eu não sei.



Shane parece que vai pular do barco e começa a se comportar perigosamente... Você é uma suicida! Sua fala foi ótima... recuperou até alguns pontos, apesar do oxy. Pare com isso!

A CASA DE MARINA - Jenny e Marina transando. Eu perdi minha cabeça, ou isto é definitivamente sexy também? Acredito que são as expressões de Marina e Jenny... Elas parecem estar naquele estado sensual hiperativo-sensível, sentindo tudo ao redor.

A CASA DE TINA E BETTE - Kit pede para Bette que vá com ela conhecer o David. Bette concorda, mas o que estas palavras não capturam é exatamente o melhor no show, e acontece entre estas duas atrizes na cena. Sem todo mundo ao redor a nos distrair o silêncio é impressionante entre elas.

A CASA DE MARINA - Jenny está contente. Ela quer deixar algumas coisas na casa de Marina. A Marina começa falando como seria bom se Jenny pudesse escrever lá, na luz solar, entretanto ela não mora na terra da fantasia. Ah, ha! Jenny se põe toda triste. Marina a lembra que Francesca está voltando. Quem?! Jenny não sabe, e nem eu. Marina diz que ela contou sobre Francesca. Oops. Aparentemente Francesca viaja 4 ou 5 meses no ano e é uma costureira (ou figurinista... É mais chic). Alguém se lembra do pequeno filme do prelúdio? Jenny desce e começa a partir. Na ida.. Ela olha para os quadros na parede e vê Lolita Davidovich. Hum... Ah, ha!... Buuum, Jenny!

A Marina tenta explicar como as coisas são boas:
Jenny: Quem é você?
Marina: Alguém que se preocupa com você. Você verá que sua vida está mais rica, mais cheio de possibilidades e escolhas. Eu abri seu mundo.
Jenny: Foda-se.

Eu nunca disse isto; mas Jenny, eu concordo com você 150 por cento.

UM HOTEL - Kit e Bette sentam no balcão, embora Bette pense que isso é uma idéia péssima. Kit ordena um seltzer, sentindo-se bastante orgulhosa dela mesma, e explica que ela não tomou uma bebida desde que o David ligou, e que ela realmente está tentando. Ela pergunta para Bette como ela faz isto... Mantém tudo unido... Carreira, amor, família. Bette evita a pergunta. Persiste e pergunta se tudo está bem... E Kit fala que Bette está apenas preocupada sobre as responsabilidades que ela terá que viver. Resmungos de Bette... Ela está segura que tudo está bem.

Kit diz, "Claro, porque você e Tina são sólidas. Você tem um matrimônio como se Deus as escolhessem uma para a outra. E este amor você não vai deixar ir". Uauuu. Kit sabe tudo! Mas Bette pede licença e vai ao WC, ao toalete, ao banheiro mesmo. O que foi Rainha de Monogamia?

O David aparece e vê Kit que bebe o seltzer num copo de Martini, e ele acredita que é um Martini. De qualquer maneira, David tem todos os julgamentos prontinhos e vai embora.

COUNTRY CLUBE - O representante da Subaru mostra para Dana o que seria as peças de propaganda. Uma delas diz "Vá para Fora. E Fica Fora". O representante explica, "Veja, nosso conceito é: Nós queremos a posicionar como a Anna Kournikova gay". Conrad, o Agente Asno, começa a discutir, mas Dana aprova... "Eu amo isto. Eu amo isto. Eu quero ser o Anna Kournikova gay". Ela toma uma respiração rasa e feliz... Então despede o agente dela. Iêêê! O Conrad não realiza a mensagem no princípio; assim Dana faz isto mais divertido e tem que despedir o asno do Agente duas vezes. Dana, nós esperamos que não esteja muito tarde para voltar a ter a soup-chefe em sua cama novamente.

O HOTEL - Bette e Kit perguntam para o recepcionista por David; sabe-se, então, que ele foi embora a 45 minutos atrás. Bem, se ele não pode entender que a mamãe dele está maravilhosa, deixou-o fora e que fique fora.

A CASA DE TIM - Jenny está de volta, pedindo para ficar no estúdio por uma noite ou duas. Ela conta a Tim que ela não desejava que nada disto tivesse acontecido. Tim diz: "Jenny, as coisas que você diz não têm nenhum significado para mim". Humm, doi isso. Mas é amável e severo (nem sempre o amor é delicado, suave). Jenny parece quebrada, e lá vou eu sentir arrependido novamente por ela. O Tim diz que ela pode ficar durante uma noite. Sugestão Réquiem Para Um Sonho.

PRÓXIMA SEMANA NO RECAPS THE L WORD: Jenny e outra pessoa decidem espiar Marina e Francesca; Bette e Tina estão em algum tipo de grupo de encontro; Os pais de Dana desejam saber o que "Sair e Ficar fora" pode significar.

P.s. Aqui para vocês meninas a lembrança de Réquiem Para Um Sonho (Belo filme)... E ele traz os vendavais emocionais que desempenham o papel de ensinar aos navegantes que as vezes é preciso desistir. Ah! como de costume um coelhinho branco para ser seguido... E saibam que a pílula vermelha, necessariamente, não trará felicidade... Apenas a verdade.


5 comentários:

Nara Rúbia disse...

Obrigada...
Obrigada...
Obrigada...
Sei que deve ser exaustivo... o produto final deve ser seu alento...
Maravilha de trabalho...Sempre que leio seus recaps...revejo o episódio em questão...é outra coisa...
PehNoir...parece triste...tentei ler nas entrelinhas (não sou muito boa nisso)...mas...deu pra sentir..
"Pessoas vem e vão...o importante é que deixem marcas!"

vi disse...

Boa Noite!!! Waaaauuuuu...fiquei encantada com o que vi. Simplesmente demais!. Não é fácil ficar sem dar uma olhadinha neste blog. Sempre em algum momento do dia me pego a pensar... "Oba!Oba!Oba! será que hoje tem alguma novidade...???" Hummm.... como sempre tem rsss...
Não consigo nem imaginar o quanto trabalhoso deve ser. Mais por favor lembre-se: ..." O trabalho é uma virtude..." Então mantenha-se uma pessoa prá lá de virtuosa ok!
Não ... entendei quanto a alguém partiu... só penso que quando isso acontece temos que deixar... fácil não é mais necessário... todos temos um tempo... o importante é para quem foi saber... que pode voltar... para quem fica... saber esperar, o que está por vir...
Seja a mesma pessoa ... com sentimentos diferentes ou sentimentos diferentes por uma outra pessoa...
Não sei quanto a você mas... eu me encontro nesse atual momento... A espera e enquanto ela não vem ...
Ainda bem que essa semana está acabando rsss... porque estou caidinha...sabe quando você se cansa de se sentir secundária em tudo... ou melhor quase tudo...
Quando você deseja de coração que aquela pessoa tão especial vai aparecer e você deixará de ser uma pessoa secundária na vida das outras pessoas e se tornar uma pessoa singular para alguém!.
É isso. Puxa! Desculpe-me... era só para comentar... Bem... voltando. rssss... Parabéns... belo trabalho! Muita luz! um ótimo final de semana para você...

PehNoir disse...

Oi Vi... Eu agradeço imensamente seu comentário... É isto q mantém a minha virtude... Risos...

... E eu não desculpo vc não... Eu simplesmente fico grata... Muita Luz pra vc tb... E continue por aqui trazendo sua impressões e compartilhando suas experiências.

Bjs

PehNoir disse...

Nara Rúbia... Sempre presente... Vc é nossa sócia. Pq com a sua participação só faz crescer a vontade de continuar e...
Bem, começo a acreditar q isso aqui é alguma coisas... Risos.

Bjs.

Carol Sá disse...

Pehnoir, eu realmente adoroo o humor que vc da aos Recaps, porque além de sutis são tb super inteligentes... me divirto muito lendo! e como já te disse sempre espero ansiosa para poder chegar terça!
:)
bj

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved