Recaps The L Word Episódio 1x05 - Lawfully

| |
Recaps, Recaps... Recapitulação, repescagem, revisão. O ato ou processo de reiteração. Minhas queridas visitantes curiosas respondam-me: Realmente vocês gostam deste processo de repescagem, revisão e reiteração? Bem... este é um dos artigos... ou publicações, post, escritas (estou com síndrome de verbete hoje) que recebe menos comentários, interações, participações das visitantes eventuais e da típica Lez Girl habitué.

Então me encontro num dilema. Tenho um produto (algo produzido por esforço humano ou mecânico ou por um processo natural) que parece não ser tão importante para as queridas pessoas objeto de minha escrita. Então por que cargas d´água eu continuo fazendo um trem desse que dá um trabalho da Po*#*#a? Masoquismo... não! Eu não sou masoquista. Bem, talvez só um pouquinho e depende de quem estará vestida de couro... Ah, isso é outro assunto.

Vou recapitular, repescar, revisar a importância deste negocinho aqui. No mais... Também me dei conta que esse é o episódio onde inicia todo o "Lesbodrama" desta "Lesbosérie" (Vou usar bastante "Lesboqualquercoisa" antes que os 03 habitantes da ilha Grega me proíbam). Como Lésbica eu vi retratada algumas pessoais "lesboexperiências" neste capítulo. Compartilho que... Mantive a auto-estima e não a vendi para manter o bem estar de ninguém (ou alguém).

As Lez Girls que verdadeiramente apreciam este momento no nosso "lesboblog" segue ai o Recaps do 1x05 Lawfally. Quem sabe vocês me ajudam neste dilema em que me encontro.

Por Scribegrrrl do AfterEllen
e Euzinha mesmo


Alice learns her mom kissed Shane
Jenny and Marina just as Tim walks in on them Tim, walking in on Jenny and Marina Dana and Lara

ESTA SEMANA O VOCABULÁRIO DE THE L WORD TEM:

  • Tahoe: Um bom lugar para fazer um enorme erro.
  • Latência: É por isso que heterossexuais deste país são tão perigosos.
  • Tão Gay: O que Dana é, especialmente quando está perto de Lara.
  • Twink: O alter ego de Shane.
  • Auto-respeito: O que você nunca deve comercializar pelo orgulho de alguém.
  • Pornografia: A edificação banal.
CONVIDADOS-LÉS DA SEMANA: Anne Archer está de volta como mãe da Alice; Ossie Davis interpreta o pai de Bette (Sim, um homem pode ser um convidado-Lés: basta perguntar a Lisa o homem lésbica-identificado).

SEQÜENCIA DE ABERTURA OU PRELÚDIO: Estamos em West Hollywood, em 1976, num banheiro. Um cara grande empurra em cara pequeno e de bigodinho contra a parede. O cara do bigodinho tenta beijar o cara grande, mas isso não é o que o grande homem tem em mente. Em vez disso, ele se encosta à parede e abre o zíper de sua calça. O cara do bigodinho tenta novamente roubar um beijo, mas o cara grande empurra sua cabeça para baixo e diz a ele para "tomar essa carne”. O meu DVD está exibindo o filme errado?

O problema é que o cara grande é um policial. Ele escolta o cara do bigodinho para fora do banheiro e desfila através da lanchonete (uma Mcdonald Gay), chamando-lhe de uma “maldita bicha". Bom, isso mostra como este será um episódio luminoso!

NO BANHEIRO DE TIM E JENNY – A nossa favorita jovem heterossexual e seu fofo companheiro estão terminando o asseio da manhã. Quando ele está feito, Tim carrega Jenny no colo, a beija e ela corresponde, coisa e tal - O que, vocês vão fazer sexo agora? Vocês ficaram limpos neste momento! Que desperdício de água.


CASA DE ALICE – Há um forte barulho. Alice, que parece ter dormido sobre o sofá, grita, "Mãe", e sua mãe (Lenore) chega da cozinha, pedindo desculpas. Ela quebrou a cara máquina expresso (Ok, nós temos o The Planet e Marina, quem precisa de maquina expresso em casa). Lenore não se preocupa muito com isso (Não disse), no entanto, ela escreve seu nome no grande quadro com o gráfico da Lesbianation e, em seguida, desenha uma linha até o nome de Shane. Alice fica irritada e diz que ela não sabe o que esta fazendo.

Lenore: Eu compreendo o propósito de seu quadro. É por isso que escrevi o meu nome nele, bem aqui ligado à Shane.
Alice: Shane.
Lenore: Humm hmm. Lembra-se da outra noite na festa, quando estávamos conversando?
Alice: Sim, todos nós estávamos conversando. Você não pode estar no quadro por falar com alguém.
Lenore: Eu sei. Gostaria de ouvir a minha história? Estivemos conversando, e no final da noite, quando nos despedíamos, tivemos um momento.
Alice: Um momento.
Lenore: Um momento romântico. E digo, não tenho certeza de que não esteja limitada exclusivamente a homens.
Alice: Humm, eu preciso que você me diga exatamente o que aconteceu.
Lenore: Nos beijamos. Inicialmente, foi casual, mas depois se tornou mais íntimo. Francês.



Alice parece que vai gritar ou estourar em mil pedaços. Vamos Alice, não é surpreendente: Shane é a virtuosa, e sua mãe é muito gostosa.

CASA DE BETTE E TINA - Tina está correndo com uma mão sobre sua boca e na outra mão segurando o telefone. Ela dá o telefone para Bette e, em seguida, corre para o banheiro para urgh. Uauuu, pobre Tina. O pai de Bette está ao telefone, ela o chama de "papai" e diz a ele que está tudo muito bem, embora Tina esteja colocando os bofes pra fora em segundo plano. Bette, eu estou prevendo problemas por ai, ninguém mais?

CASA DE KIT - Kit está tentando escrever uma carta para o seu filho, David. Upss, passou quase dez segundos - Tenha cuidado Pam Grier, ou poderá pensar que realmente aparecerá no episódio!

CASA DE BETTE E TINA - Tina deitada na cama, parecendo realmente mal, mas mesmo assim ainda fofa, enquanto Bette fica animada sobre a forma como o seu pai vai receber a feliz notícia. Parece que Tina não pensa o mesmo e vemos que para Bette essa percepção é inexistente. Tina muda de assunto e elas falam sobre o bebê e sobrenome seria a combinação perfeita (Porter + Kennard). Bette sugere "Portard". Ha ha! Tina comenta que as crianças vão dizer coisas como: "Ei, pobre lesado, como estão tuas mães, seu grande filho de lésbicas? Ou como quer que seja em 2015!” Então Bette pensa em "Kenter". Tina acha que esse tem um som mais agradável. Mas então Bette decidiu que a melhor coisa a fazer é simplesmente não falar sobre isso. Ei, tem sido a regra de ouro para gerações de famílias: Por que mudar agora, não é mesmo?

O COUNTRY CLUBE - Dana acabou um treino. Adivinhe quem está esperando por ela, com um beijo e um sorriso? Sim, Lara a sous-chef!

Dana diz a ela que o seu serviço está mais rápido. Lara pergunta a Dana: "Quem é a tenista mais sexy do mundo?" Dana sugere Anna Kournikova. Olá? E quanto Amelie Mauresmo? E lembrem de Gabriela Sabatini? Elas se beijam mais algumas vezes. O que vemos é o suficiente para nos dizer que estas duas têm toneladas de química; Seus beijos são lentos e sensuais e Lara torna Dana mais doce. Eu as adoro!

O agente de Dana chega de mansinho e diz "Ei". Ele não o faz como se estivesse dizendo olá, ele diz como se estivesse dizendo a um cão para sair fora. Ele tenta puxar Dana para uma conversa, mas Lara vem junto. Eii, xô! Sacou?!

Agente pomposo: Então. Adivinhe quem terá um evento esta noite e deseja sua presença?
Lara:
Subaru?
AP: Quem é você, a vidente dela?

Ele finge que essa frase significava uma piada, mas Lara vê através desse Hetero e parece não ficar convencida sobre a simpatia dele. Ele prossegue, no entanto, a conversa.

AP: Sim. A Subaru vai dar um jantar beneficente para dar apoio as artes nas escolas públicas.
Lara: [a Dana:] Veja o quanto você é uma estrela [para o
AP] Então, onde é?
AP: No Morton. 8:00.
Lara: Estou tão animada. Vai ser grande. [A Dana] Você é tão sexy. Quero fazer sexo contigo agora mesmo.
AP: Tudo bem. Ainda estou aqui, Senhoras.
Dana: Desculpe.
AP: Nah, não pedimos desculpas. Ei, você sabe o quê? Se vocês quiserem um dia fazer a três me avisem! Estou brincando. Estou apenas brincando!
Lara: Eu vou voltar para o trabalho. [A Dana] Vou te ver mais tarde. [Para o
AP] Foi um prazer conhecer-lo... Eu acho.
AP: Foi uma brincadeira. Apenas uma piada.

Lara sai. O pomposo Agente diz que ela é engraçada, realmente engraçada. Mas depois ele dá um verdadeiro olhar a Dana, uma espécie de "vamos falar sério agora". Ele diz a ela para levar Harrison para o evento, porque é o que as pessoas querem ver. É? Será que elas também querem ver você sendo um idiota completo, ou você está apenas como é naturalmente?

Dana observa Lara ir, sabendo muito bem que a Lara está esperando ir para o evento. Ela então começa a protestar, mas ela não... Boo!!!

THE PLANET - Shane confessa que teve um momento com a mãe de Alice. Alice diz, "Isto significa que não posso nunca ser gay novamente. Nunca”. Eu não posso ser gay?! Espere: Eu pensei que você fosse bissexual.

Shane explica a Alice que sua mãe é sexy, e que ela estava ali, entende, ela é realmente... Bem, vamos apenas dizer que os gestos de Shane estão pintando uma interessante imagem dos ativos da Lenore. Alice tapa os ouvidos e canta a canção de Oscar Mayer - Bologna. Ela é linda quando fica neurótica.

Shane recebe atenção novamente quando diz que a mamãe de Alice deu em cima dela, e que ela é "selvagem". Alice quer saber por que razão a sua mãe é uma "desvairada, pervertida, caçadora de aventuras”. Ela pira por um tempo, é engraçado.

Passado o surto, Alice diz que há dois homens olhando para Shane e que um deles é Harry Samchuck. Quem? Shane diz, "Foda. Ele pensa que eu sou um homem. Todos esses fudidos caras da máfia gay de Hollywood pensam que eu sou um twink que eles podem pegar”.

Shane preste atenção: Não há máfia gay! E você não parece um twink. É parecida com uma bagunça, mas não com um jovem rapaz gay. Shane resolve sair, e Alice diz, "Ei, ei, realmente me desculpe por Lenore". Bah!

Assim que Shane chega perto da porta, ela vê um cara tentando escolher um croissant. Ela interrompe; aparentemente eles se conhecem. O rapaz Croissant estava em San Diego, mas ele está agora com amigos, exatamente com o cara que estava olhando para Shane. Espere, ele precisa de um favor. Ele precisa de um lugar para ficar. Shane diz que não pode ajudar neste momento porque ela não tem quarto agora: "Há quatro de nós que vivem em um apartamento de hum quarto". Eeee! Pois bem, agora sabemos porquê Shane nunca quer dormir na sua própria cama: Ela não tem realmente uma.

O ESTACIONAMENTO DA CALIFORNIA UNIVERSITY - A equipe de natação está pronta para ir a uma competição. Tim percebe que ele não tem o seu cronômetro da sorte; ele tem de ir a casa para pegá-lo. Eu não leio spoilers, mas estou bastante segura que Tim não deveria ir para casa agora.

CASA DE TIM E JENNY- Marina acaba de terminar a leitura da história mais recente de Jenny. Ela diz que Jenny tem um "potencial incrível". Jenny fica irritada pelo "potencial". Marina: “É um rascunho, não é?” E Marina continua com: "Você não pode esperar que qualquer história que você escreva saia de uma vez e se transforme em ouro". Ops!

Ela faz uma espécie de análise de Jenny e diz alguma coisa sobre os demônios que tentam a Jenny, ela pergunta, "sou eu como esse demônio?" Sim, você é, e eu estou pronta a assinar o contrato cedendo a minha alma.

CASA DE BETTE E TINA - Tina está tentado encontrar algo para vestir. E parece que está com dificuldades (as benesses da gravidez). Ela resolve por um vestido tipo de verão. A campainha toca: é Kit, trazendo vitaminas para Tina o e bebê. Ela cumprimenta Tina pelo seu vestido, mas ela está mentindo. Tina pensa que Melvin (O pai de Bette) não irá gostar dele. "Melvin?" Pergunta Kit - Ela não tinha a menor idéia que o cara estava na cidade. A dor em seu rosto é palpável, e parece que os escritores finalmente notaram Pam Grier.

CASA DE TIM E JENNY - Tim não encontra na casa o seu objeto de sorte, então ele vai para a porta do estúdio de Jenny e... Há Marina de joelhos com Jenny sobre o sofá, e se vê as duas juntas... Bem, elas se transformam num pesadelo para Tim. Ele lentamente abre a porta e Jenny o vê, em seguida, Marina vira e o vê também. Este é um momento terrível, mas é também um grande para Marina. Ela simplesmente ergue-se, abotoa as calças, olhar permanece constante em Tim, e segue lentamente para fora com a camisa na mão. Ela está além cool.



Tim não diz nada. Ele vê o rascunho da história de jenny, com o título: Os demônios que me tentam. Em seguida, ele lança sobre Jenny as folhas e sai. Eu já disse isso antes, e eu vou dizer outra vez: Pobre Tim.

CASA DE BETTE E TINA - Tina cochila. Bette a acorda e diz que necessitam se apressar; Tina diz que apenas necessita colocar a maquiagem.

Bette: Você não esta falando sério! Você ... você não vai com esse vestido. Eu escolho outra coisa!

Sim, isso é bom. Bette ajude a sua companheira a ter uma noite agradável, apesar dos enjôos, sonolência e toda clase de alterações por que está passando. Tina conta que Kit esteve na casa e que ficou sabendo que Malven está na cidade. Bette dispara: “Tina em que estava pensando?”

Tina [sarcasticamente]: Lamento, mas você não fez a lista de coisas que posso dizer ou não.
Bette: Não deveria ser preciso fazê-la.

Ei! Pare com isso! Seja simpática com a mãe do seu bebê. Tina sente-se magoada, mas não diz nada.

COMPETIÇÃO DE NATAÇÃO - Tim pausa seu cronômetro da sorte repetidas vezes, o segura com tanta força que o quebra. Pobre rapaz.

DEPOIS DA COMPETIÇÃO DE NATAÇÃO - Jenny encontra Tim. Ela começa a implorar por ele. Ele pede o seu anel de volta; ela diz que ele vai ter que tira-lo dela. Assim, ele começa a fazer isso. Randy Jackson (como pode ser esse o seu nome?) sai do ônibus e os separa, grita a Tim perguntando se ele ia "bater em sua mulher". Pois bem, não foi tão ruim ainda. Randy volta ao ônibus e deixa os dois resolverem suas diferenças.

Jenny começa a explicar que foi um grande erro e que simplesmente foi como se ela estivesse assistindo a ela mesma. Tim quer saber porquê; Jenny diz que não sabe. Ah, todos nós sabemos: foi Marina! Algumas pessoas são realmente irresistíveis. Tim pergunta a Jenny quando a coisa toda começou, e ela diz que esta foi a primeira vez. Tim não acredita que isto esta acontecendo e diz que ele pensou que iria passar o resto de sua vida com Jenny.

Ela pergunta por que não pode acontecer e ainda pede pelo seu perdão. Tim segue para o seu carro e Jenny mantém os pedidos de perdão e diz a Tim que se ele a deixar ela vai morrer. Jenny insiste que ela só quer ser sua esposa, ele a manda entrar no carro, e eles saem.

CASA DE DANA - Harrison está a fazendo umas bebidas. A campainha toca: é Lara. Oh, Dana: Você não lhe disse que estava indo com Harrison? Lara trouxe uns lindos vestidos como opções com ela - Ela diz, "eu não sabia o que estava vestindo e eu não quero acabar como gêmeas, você sabe?"

Harrison faz a sua entrada (quando a campainha tocou ele se escondeu) e todos parecem desconfortáveis. E vemos este diálogo:

Lara: Eu não posso acreditar que eu acreditei que iria com você. Sinto-me tão estúpida.
Dana: Lara, Lara, espere, espere, espere. Espere: Olha, Conrad foi que exigiu o Harrison, ok? Ele pensa que é melhor para mim... Ele quer apenas ser coerente, e Harrison é com quem normalmente eu saiu. Você sabe que realmente gostaria de ir com você.
Lara: Eu entendi. Acredite.
Dana: Lara, eu sinto muito. Olha, eu sei que deveria ter ligado.
Lara: Teria sido agradavel.

Lara vai embora. Ai... Meu coração dói. Harrison tenta dizer a Dana que estava fazendo a coisa certa - "Que ser assumida e ter orgulho disso não vende carros”. Que inferno. Eu sou a única que viu Martina Navratilova nos comerciais da Subaru?

THE PLANET - Tim trouxe Jenny ao The Planet e fez Jenny falar com Marina na frente de todos: "O que se passou entre nós foi um erro terrível. Nunca mais vai acontecer de novo. Eu nunca te verei mais, nunca mais. Você entende isso?”

Tim segura o braço de Marina e pergunta se ela ouviu a Jenny; Marina dá-lhe uma face fria, maravilhosa e, naturalmente, ela diz que "Sim, ela ouviu". Tim pergunta quando começou. Marina diz, "Não começou. Você viu tudo que havia para ver. O início e o fim".

Tim vira e vai. Jenny fica em frente a Marina um pouco mais e Marina dá um olhar de "Por favor me perdoe", o que é inacreditável. Marina, por favor, não dê outra chance a ela: Eu vou perder todo o respeito por você se fizer isso. Mas eu continuo a pensar que você é sexy.

UM RESTAURANTE - Bette está contando ao papai sobre sua vitória no trabalho e sua ação arrojada com Peggy Peabody.. "Papai" fica orgulhoso. Melvin pergunta a Tina o que ela acha de sua garota e Tina (tomada de susto responde: “Acho-a fantástica! Acho que a exposição será incrível!” E Malvin “Papai” pergunta: E como vai a sua carreira Srta Kennard (Oláaa... Quantos anos de união essas duas tem? Srta Kennard?! Tem algo errado por aqui). A notícia do bebê: Tina faz o anúncio.

Tina: Melvin, Bette e eu vamos ter um bebê.
Bette: Papai, nós vamos ter um bebê.
Melvin: Eu não compreendo.
Tina: Eu estou grávida.
Melvin: E você está feliz sobre isso?

Ele vai descer mais a partir daí. Ele pergunta a Bette se ela vai "cuidar" do bebê e da Srta Kennard”; Bette o lembra que elas são um casal e estão começando uma família. Ele diz que é biologicamente impossível que o bebê esteja relacionado a ele, e ele não considera que seja seu neto: "Eu não posso de forma realista, ser convidado a participar nesta ficção de sua criação”. Jesus. O garçom interrompe nesse ponto. Uma nuvem de desconforto se instala na mesa. (Não falei que o episódio seria luminoso).

Tina tenta explicar que, ao optarem por um doador afro-americano, ela e Bette estão tentando ajudar a todos a se sentirem ligados ao bebê. Isto não impressiona Melvin; ele quer saber porque ele deve sentir-se ligado a cada outro homem negro no mundo. Tina fica doente ao permanecer dizendo, tentando fazer a coisa certa e anuncia que vai se retirar. Bette oferece para levá-la em casa (isso é o mínimo!), mas Tina diz a ela para ficar.

Penso que Bette deveria seguir a Tina até a porta e derrubar um pouco de café quente no colo do "papai" ao sair, mas ela não vai. Bette não importa o quanto você está assumido, ainda senti quando o papai está sendo homofóbico e estúpido. Parcialmente acho que é o choque de toda a coisa - Bette definitivamente parece chocada no momento.

UM CASAMENTO NA CAPELA TAHOE - Tim está olhando "homossexualismo" em um grande Bíblia. Qual é! O ministro faz algumas perguntas, tentando descobrir por que eles querem se casar: Eles dizem que é porque eles estão apaixonados. Eles realmente se casam.

Posteriormente, no quarto do hotel, Jenny salta na cama de forma empolgante e divertida. Então ela começa se jogar em Tim, mas ele está ainda vestindo e pede a ela para tomar uma ducha. Eles estão tão confortáveis quanto Melvin e Tina.

Resultado o Tim não responde. Não há nada acontecendo lá em baixo.

CASA DE KIT - Kit está dando uma festa. Bette aparece à procura de conforto. Kit não se surpreendeu que Melvin foi horrível sobre o assunto do bebê.

Kit: O que você esperava? Ele é um homem a moda antiga. Intolerante como ele só. Você tem que cair na real sobre esse homem. Porque ele não é o santo que você acha que ele é.
Bette: Kit.
Kit: Oh garota. você nunca quer ouvir a verdade. Fizeram em você uma lavagem cerebral. O que você trocou pelo orgulho dele, humm?
Bette: Tenho que ir.
Kit: Sim. Você tem.

Agora foi uma fabulosa cena. Pam Grier, Pam Grier!

TAHOE - Tim está sentado perto da janela ao lado de uma mesa. Ele pensa. Ele põe o seu anel no cabeceira da mesa com uma folha de papel enrolada. Jenny se mexe um pouco, mas volta a dormir.

QUARTO DE HOTEL DO MELVIN - Kit bate na porta. Melvin não está feliz por vê-la. Aparentemente eles não se viam a muito tempo, mas Kit não quer falar sobre isso: Ela esta lá por Bette.

Melvin: Você conhece a situação? Supostamente tenho que chamar uma criança, que nem ao menos é relacionada a mim, de neto!
Kit: E seria o fim do mundo?
Melvin: Não. Seria uma mentira.
Kit: Oh, e você nunca mente, não é mesmo?

Pam Grier para presidente! Melvin inicia um discurso moral; Kit o adverte para não misturar a sua história com a de Bette - Ele pode acabar abrindo as portas para Bette 13 anos depois sem conhecê-la mais. Kit dá a Melvin a carta que escreveu para o seu filho e vai embora. Acho que ela realmente conseguiu dizer a que veio - Que fala.

O CAMINHO ABERTO - Um policial pára Tim por excesso de velocidade. Oh meu Deus: É o mesmo policial que estava no banheiro no início do episódio? Tim diz a ele o que aconteceu. Ele faz um pequeno discurso.

Bizarro policial: Você já assistiu pornografia? Você não tem que responder: Todos nós assistimos. Você sabe, nós gastamos toda a nossa vida assistindo pornô, e nunca vemos o alerta. Mas aí está. Você sabe as cenas onde as mulheres ficam juntas? O cara quer participar, ele está todo duro. Você sabe que ele vai dar uma, ele quer fuder numa boa.

Tim parece tão assustado que parece que vai parar de respirar. Bem, eu tambem prenderia a respiração numa situação dessa.

Bizarro policial: Achamos que isso é o que elas querem, a carne... Mas você olhe mais perto da próxima vez. Isso não é o que elas querem. Elas estão tendo um bom tempo sem ele. Elas estão caindo em si; elas param lá, elas lambem tudo, e vem um cara, ele está pronto para descarregar - Definitivamente não é o que elas querem. Elas fecham bem os olhos como se alguém fosse derramar gasolina nelas. Este é o seu alerta. É por isso que os homossexuais neste país são tão perigosos! Quando duas pessoas têm o mesmo equipamento, e sabem como tratá-lo, como pode alguém do sexo oposto competir com isso? É assim que eles te apanham.



Uau, suponho que o cara do bigodinho realmente deu um bom exemplo a este Bizarro policial.

Já em Tahoe, Jenny acorda olha pelo quarto e não encontra a Tim. Ela acaba vendo o anel em cima da mesa. Ela desenrola o pedaço de papel, mas está em branco. Desolador... e que venha o drama!

PRÓXIMA SEMANA NO RECAPS THE L WORD: Tim confronta Marina; a mulher do doador do esperma deseja o bebê de Tina; tem alguma coisa errada com Tina e o bebê; Shane sai com uma menina.

6 comentários:

Juliana disse...

Olá, PehNoir

Sobre os recaps...Bom, de fato não é o que mais me atrai. Acho que o fato de eu já ter assistido "infinitas" vezes às 4 primeiras temporadas contriubui bastante para isso...
De qualquer forma, eu adoro o dicionário que vc coloca em cada episódio!!!!!!! Então, se vc resolver parar com os recaps (e aceitar um pedido), por favor, mantenha o "DICIONÁRIO TLW", poque eu adoro e dou boas risadas com ele!!!!!

super beijo

Carol Sá disse...

Eu gosto dos recaps... admito que não leio ele todinho e tals, mas o dicionário e as melhores falas são muito divertidas. E as fotos tb... resumindo, eh legal!

bjus

Gê Stelmach disse...

Adorei o recap. :D Muito bom. Mas o melhor mesmo é assistir.

Karina* disse...

Eu adoro os recaps!!! Sempre leio e adoooro!!!

oograzioo disse...

adoro os recapitulos...leio-os todos...acho super divertido..
continue assim.....bjss

PehNoir disse...

Hello Lez Girls!!! Aqui estão vcs leitoras... Bom saber o que repercute no coração de vcs... Olhem,eu faço porque gosto muito de fazer... mas vcs sabem... libriana... coisa e tal... Eu gosto de ser lida... degustada tb, mas não vem ao caso. Anotando a presença de vcs... Tão quase me convencendo... risos.
Bjs.

Pingar o BlogBlogs

pro seu blog

Copyright © 2008 The L Word - Blog Brasil. All Rights Reserved